Cultura

Uma kombi cheia de arte


2014-09-30_20-50-46_1
Crédito: Reprodução/Internet

Uma Kombi da década de 1970 que se transforma em um palco ou picadeiro, se assim o espectador desejar. A metamorfose ambulante foi criada pela Companhia “Respeitável Público” que, a partir do dia 19 de outubro, parte de Jundiaí para estacionar em parques de diferentes cidades do Estado de São Paulo.

Com “Kombinado não é Carro”, o grupo foi um dos selecionados para participar do projeto Teatro nos Parques, com o apoio da Secretaria do Verde e Meio Ambiente da Prefeitura de São Paulo, Secretaria do Meio Ambiente do Estado de São Paulo, ITI-Unesco (Instituto Internacional do Teatro) e Globo. “Estamos muito entusiasmados com a nossa participação nesta iniciativa que estende a manifestação cultural para os mais diferentes públicos”, comemora a produtora cultural e atriz, Carol Reto.

E a agenda já está cheia. “Respeitável Público” chega com sua Kombi, no dia 19 de outubro, às 11h, no Parque do Carmo, em São Paulo; no dia 22 de novembro, viaja até Pindamonhangaba, no Parque Moreira César Pinda, às 15h. Em cena, o espetáculo “Eu disse brinco...brincarei” e no palco, quatro personagens se revezam para resgatar as antigas brincadeiras de criança.

Assim, abram-se os asfaltos, apartem-se as copas das árvores que a Kombi vai chegar e o espetáculo vai começar. “Escravos de Jó”, “Mãe da Rua”, “Amarelinha”, “Corre Cutia”, “Caça Tesoura”, “Morto-Vivo”, “Serra-Serra, Serrador”. Mas qual a brincadeira perfeita? Liarin, Tayga, Blanco e Perro, mambembes, com suas cantigas e danças transformam as ruas em palco e o público é convidado a escolher um sonho, onde brincar é a ordem do dia.

Mais informações na edição impressa do Jornal de Jundiaí desta quarta-feira (01) ou faça uma assinatura digital.


Notícias relevantes: