Jornal de Jundiaí | https://www.jj.com.br

Vasti no comando do espetáculo final no Polytheama

SIMONE DE OLIVEIRA | 23/11/2018 | 20:29

À frente da produção do espetáculo com a Atique & Atique Produções Culturais, a maestrina Vastí Atique sabe da importância deste tipo de evento para a cultura da cidade. Ela, que acompanha cada passo das apresentações, diz que tem observado uma plateia atenta a cada som, a cada apresentação resultando em um público sempre instigado a novos encontros. “Gosto de assistir aos concertos de longe e observar a movimentação da plateia e vejo que estão cada vez mais atentos. Também notei que a cada espetáculo temos um público jovem muito atento e por isso acredito que estas mudanças se devem às palestras pré-concertos que realizamos.”
Ela lembra com orgulho que este ano foram realizados sete concertos na cidade de Jundiaí (Teatro Polytheama), três em Sorocaba (Teatro Teotônio Vilela) e um em Itatiba (Teatro Ralino Zambotto) com uma média de público de 850 pessoas. “Tivemos uma plateia calorosa e interessada pelos artistas que sobem aos palcos dos teatros.”
E, para que o espetáculo seja um sucesso, os artistas e grupos artísticos escolhidos são aqueles que se destacam no eixo Rio- São Paulo, mas sempre que possível, grupos internacionais também são convidados. A produção fica de olho em tudo. “Este ano trouxemos o Yamandu Costa, o Quarteto de Veneza e o Nelson Ayres com convidados europeus. Além de fazer a produção dos concertos, a Atique & Atique também desenvolve um trabalho de direção artística, propondo parcerias com grupos que não se conhecem para realizar as grandes obras Corais Sinfônicas, como a Nona Sinfonia de Beethoven, que por incrível que pareça foi a 1ª apresentação em Jundiaí, desde a estreia na Alemanha em 1824, quase 200 anos atrás”, orgulha-se
Ela conta que nesta produção foi feita uma parceira com a cidade de Santos e Cubatão, unindo o Madrigal Vivace de Jundiaí com os Corais Zanzalá, Coral e Orquestra Municipal de Santos, num total de 150 músicos. “Para o concerto de hoje propomos trazer no repertório o compositor Gerswing, que exige uma grande formação orquestral e para nossa alegria será executada a Suíte Porgyand Bass e teremos como solistas Saulo Javán (Barítono) e Érika Muniz (soprano), uma grande obra para encerrar uma grande temporada.” (Simone de Oliveira)

ANIVERSARIO 50 ANOS JORNAL DE JUNDIAI VASTI ATIQUE

ANIVERSARIO 50 ANOS JORNAL DE JUNDIAI
VASTI ATIQUE


Link original: https://www.jj.com.br/cultura/vasti-no-comando-do-espetaculo-final-no-polytheama/
Desenvolvido por CIJUN