Economia

Facebook diz que mudança em configuração gerou efeito cascata e derrubou serviços

Empresa alega que falha foi consequência de um problema interno, não de um ataque hacker


Divulgação
Facebook diz que mudança em configuração gerou efeito cascata e derrubou serviços
Crédito: Divulgação

Na noite desta segunda-feira (4), o Facebook divulgou que o apagão global em suas redes, incluindo o Whatsapp e o Instagram, foi causado por um erro ocorrido durante uma mudança em suas configurações, confirmando que a falha foi consequência de um problema interno, não de um ataque hacker.

"Nossos serviços voltaram ao ar e estamos trabalhando para retomar as atividades regulares. Queremos esclarecer que, desta vez, acreditamos que a causa da queda foi uma mudança de configuração", afirmou a empresa em nota.

De acordo com o Facebook, a falha ocorreu durante uma mudança numa estrutura que coordena o tráfego entre seus centros de dados, o que gerou um efeito cascata que interrompeu a comunicação e fez com que outros centros fossem afetados, causando o apagão.

"A causa dessa interrupção também afetou muitas ferramentas e sistemas que utilizamos em nossas operações diárias, complicando nossas tentativas de diagnosticar e resolver o problema rapidamente", informou a plataforma, que diz estar trabalhando para entender melhor o que aconteceu.

A rede afirmou ainda que não há evidências de vazamentos de dados durante o apagão, mas não divulgou quantos dos mais de 2,7 bilhões de usuários de aplicativos do grupo foram afetados.

O Facebook também utilizou a nota para pedir desculpas aos usuários pelo apagão.

"A todas as pessoas e empresas que dependem de nós, lamentamos o transtorno causado pela interrupção de nossas plataformas hoje. Temos trabalho duro para que possamos retomar o acesso, e nossos sistemas já voltaram e estão funcionando", disse.

"Pessoas e empresas em todo o mundo confiam em nós todos os dias para se manterem conectadas. Entendemos o impacto que interrupções como essas têm na vida das pessoas e nossa responsabilidade de mantê-las informadas sobre interrupções em nossos serviços", completou.


Notícias relevantes: