Jornal de Jundiaí | https://www.jj.com.br

Adidas leva a melhor durante a Copa

| 10/07/2014 | 21:15

Seja qual for o campeão no domingo, a Copa do Mundo parece ter dado mais fôlego à alemã Adidas na bilionária disputa paralela com a norte-americana Nike. Os números mostram uma disputa acirrada pela liderança, com alguma vantagem para os alemães – enquanto o resultado final do Mundial, para a Adidas, se assemelha mais à acachapante goleada de 7 a 1 sofrida pela seleção brasileira diante da alemã na histórica semifinal de terça-feira, 8.

“Teremos um evento todo Adidas no domingo”, comemorou nesta quinta-feira (10) Roland Auschel, membro do Conselho Executivo do Grupo Adidas responsável por vendas globais, referindo-se à final entre Alemanha e Argentina. Além das duas seleções, a Adidas patrocina 15 jogadores que estarão em campo, segundo Auschel. “Somos claramente os líderes em futebol”, afirmou o executivo.

No balanço perto do fim do Mundial, a Adidas manteve a projeção de faturar 2 bilhões de euros no segmento futebol, turbinada pela venda de 8 milhões de camisas de seleções e 14 milhões de unidades da Brazuca, a bola oficial da Copa, desde o lançamento dos produtos, entre novembro e dezembro do ano passado, dados também confirmados nesta quinta-feira, 10.

Já a Nike faturou US$ 2,270 bilhões (1,670 bilhão de euros) no segmento futebol no ano fiscal de 2014 (encerrado em maio), segundo o balanço financeiro divulgado ao mercado no último dia 26. A receita bruta nessa categoria cresceu 18% em dólares, em relação ao ano fiscal anterior. O faturamento total da empresa foi de US$ 27,8 bilhões – contra 14,492 bilhões de euros da Adidas em 2013, equivalente a US$ 19,719 bilhões.

“Somos a marca número um até na Alemanha, que é um mercado estratégico para nós”, disse o diretor de comunicação da Nike no Brasil, Alexandre Alfredo. “Em ano de Mundial, a venda de camisas cresce 40% na Nike”, completou Alfredo. Os 2 bilhões de euros em receita com futebol significarão para a Adidas avanço de 17,6% sobre o recorde anterior da categoria, de 1,7 bilhão de euros em 2012. 


Link original: https://www.jj.com.br/economia/adidas-leva-a-melhor-durante-a-copa/
Desenvolvido por CIJUN