Economia

Atividade econômica cresce 1,15% em 2018, aponta o Banco Central


A economia brasileira cresceu 1,15% em 2018. É o que mostra o IBC-Br (Índice de Atividade Econômica do Banco Central), divulgado nesta sexta-feira (15). No último trimestre do ano, comparado ao período anterior, o crescimento ficou em 0,20%, de acordo com dado dessazonalizado (ajustado para o período). O quarto trimestre comparado a igual período de 2017 apresentou crescimento de 1,53%. As informações são da Agência Brasil. Em dezembro, frente a novembro de 2018, houve expansão de 0,21%. Na comparação com o último mês do ano passado e dezembro de 2017, o crescimento chegou a 0,18%. O IBC-Br é uma forma de avaliar a evolução da atividade econômica brasileira e ajuda o BC a tomar suas decisões sobre a taxa básica de juros, a Selic. O índice incorpora informações sobre o nível de atividade dos três setores da economia: indústria, comércio e serviços e agropecuária, além do volume de impostos. O indicador foi criado pelo Banco Central para tentar antecipar, por aproximação, a evolução da atividade econômica. O indicador oficial é o PIB (Produto Interno Bruto), calculado pelo IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística). [caption id="attachment_3650" align="aligncenter" width="400"]Reprodução/Internet Reprodução/Internet[/caption]

Notícias relevantes: