Jornal de Jundiaí | https://www.jj.com.br

Auxílio: Caixa cadastrou 10 milhões em seis horas

Da Redação | 08/04/2020 | 05:00

Nas primeiras seis horas de funcionamento do aplicativo para ter direito ao auxílio de R$ 600 durante a pandemia da covid-19 no país, a Caixa Econômica Federal finalizou o cadastro de 10 milhões de benefícios, declarou o presidente do banco, Pedro Guimarães. Os trabalhadores cadastrados devem começar a receber o auxílio no próximo dia 14.

Das 9h às 15h de ontem, as ferramentas de cadastramento da Caixa tinham enviado 15 milhões de SMS a trabalhadores que requereram o benefício. As mensagens pelo celular avisam se o trabalhador preenche os requisitos para ter direito ao auxílio de R$ 600 ou de R$ 1,2 mil para mães solteiras.

Segundo Guimarães, a página de cadastramento da Caixa tinha recebido 31 milhões de visitas individuais nas seis primeiras horas da inscrição. A loja do sistema operacional Android tinha registrado 6 milhões de downloads do aplicativo. A linha telefônica 111, disponível para prestar informações e tirar dúvidas, recebeu 330 mil ligações no mesmo período.

Segundo Guimarães, o site da Caixa chegou a cair por três minutos e enfrentou momentos de lentidão ao longo do dia. Ele pediu paciência aos trabalhadores e recomendou que eles não desistam do cadastramento.

Segundo o presidente da Caixa, a expectativa é encerrar a semana com o cadastramento de 60% a 80% dos trabalhadores que tenham direito à renda básica emergencial.

Dívidas
O ministro Onyx Lorenzoni (Cidadania) afirmou ontem (7) que o auxílio emergencial de R$ 600, destinado para amenizar impactos econômicos do novo coronavírus sobre informais, não poderá sofrer débitos pelas instituições financeiras. Esses recursos não serão, por exemplo, consumidos pelo cheque especial do beneficiário, caso haja uma dívida em aberto.

Segundo Onyx, o dinheiro ficará “protegido”, fruto de um acordo do governo com a Febraban (Federação Brasileira de Bancos).
“Se existirem débitos anteriores na conta, esse dinheiro fica protegido, não paga contas antigas. Ou seja, se tem lá um débito de R$ 100 no cheque especial no banco X, os R$ 600 entram  não podem ser debitados porque é um auxílio emergencial para a sustentação das pessoas”, disse.

“Não vai haver nenhum débito neste recurso que terá origem na Caixa para o sistema financeiro brasileiro”, complementou.


Leia mais sobre | | |
Link original: https://www.jj.com.br/economia/auxilio-caixa-cadastrou-10-milhoes-em-seis-horas/
Desenvolvido por CIJUN