Jornal de Jundiaí | https://www.jj.com.br

Bolsa sobe 2,49% com recuperação de commodities

Folhapress | 12/02/2020 | 05:00

A Bolsa brasileira registrou forte alta nesta terça-feira (11) e voltou aos 115 mil pontos (115.370), valorização de 2,49%. O volume de negócios ficou acima da média para o ano, em R$ 26,076 bilhões. Na quarta (12), há vencimento de opções sobre o índice e do contrato futuro, o que tende a pressionar o índice na véspera.

A alta desta sessão também foi impulsionada pela recuperação dos preços do petróleo e do minério de ferro, que puxaram as ações de Petrobras e Vale.

O barril de petróleo Brent teve alta de 1,7%, a US$ 54,17, e levou as ações preferenciais (mais negociadas) da Petrobras a subirem 1,20%, a R$ 29,48. As ordinárias subiram 1,36%, a R$ 32,01.

Já o minério de ferro disparou 3,8%, após acumular queda de mais de 12% na semana passada. Com a recuperação da matéria-prima, as ações da Vale subiram 3,7%, a R$ 52,05.

Do lado dos bancos, os resultados do Itaú agradaram o mercado e as ações do banco subiram 2,30%. Em 2019, a instituição teve lucro líquido de R$ 28,4 bilhões.

Investidores também estão otimistas com o Banco do Brasil, que divulga seus resultados nesta semana. As ações da estatal tiveram forte alta de 4,50%, a R$ 51,32. Ainda contribui para a valorização do banco o IPO (abertura de capital) do BV, ex-banco Votorantim, do qual o BB detém metade das ações.

Nesta terça, o Banco Central divulgou a ata da última reunião do Copom, na qual reduziu a Selic para 4,25% ao ano, nova mínima histórica. Para o mercado, o documento abriu margens para novos cortes de juros, à depender do desempenho da economia brasileira.


Leia mais sobre |
Link original: https://www.jj.com.br/economia/bolsa-sobe-249-com-recuperacao-de-commodities/

Notícias relacionadas


Desenvolvido por CIJUN