Economia

Com apoio de Incubadora, projetos de startups avançam


ESTUDANTE FAZ PARTE DA STARTECH MATHEUS ALEKSANDER
Crédito: Reprodução/Internet
Os projetos dos empreendedores que participaram da 1ª Startech Jundiaí, realizada no ano passado pela Unidade de Desenvolvimento Econômico, Ciência e Tecnologia, começam a avançar. Desde o final do ano passado, os futuros empresários também contam com um espaço de coworking e toda a estrutura da Incubadora de Empresas. O jovem Matheus Aleksander Val, 20 anos, conta que está desenvolvendo o projeto de um aplicativo para venda de alimentos orgânicos, que ficou em sexto lugar na Startech. “Participamos com um protótipo básico e agora estamos desenvolvendo o aplicativo para validar com um grupo de produtores orgânicos de Jundiaí. A ideia é estimular o consumo de frutas sazonais”, explica Val. Segundo ele, a expectativa é de que em até três meses consiga finalizar esse protótipo e deixá-lo funcional. “Estamos também esperando sair o contrato da Incubadora para começar a usar o espaço de coworking. Isso vai ajudar bastante, porque lá a gente vai ter acesso a mais recursos, como computadores mais potentes para fazer o desenvolvimento do sistema do aplicativo, além dos cursos e palestras”. O empreendedor Elio Silva, que apresentou seu projeto de formação em liderança para adolescentes chamado Projete.se e ficou em segundo lugar no concurso, já iniciou o processo de abertura da empresa. E destaca a importância da estrutura da Incubadora. “Além do espaço físico, o que tem ajudado bastante são os cursos e a mentoria que estamos recebendo.” Segundo ele, o aporte institucional da Incubadora também foi essencial para o fechamento da primeira parceria da empresa, com uma organização europeia. “Isso faz uma grande diferença quando a gente vai oferecer nosso produto no mercado”, diz.

Notícias relevantes: