Jornal de Jundiaí | https://www.jj.com.br

Com Black Friday, vendas aumentam 5% no comércio da cidade

VINICIUS SCARTON | 28/11/2018 | 13:00

A Black Friday 2018 registrou crescimento de 4% a 5% nas vendas do comércio do centro, em relação ao mesmo período do ano passado, conforme levantamento divulgado pelo presidente do Sincomercio Jundiaí e Região e Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL), Edison Maltoni. Segundo ele, o aumento refletiu em lojas e e-commerce.
Em um estabelecimento especializado em calçados, o gerente Osmar Manoel de Souza ressalta que a Black Friday foi excelente. “Afinal, tivemos um crescimento de vendas bem significativo, com cerca de 15% de aumento, comparado a 2017”, disse.
Osmar também descreve que o movimento na loja foi intenso nos 23 e 24 de novembro. “A loja ficou repleta e nossos descontos foram de até 70%”, comenta.
Já no Maxi Shopping Jundiaí, a gerente de marketing, Silvia Orenga, explica que o fluxo de público foi 5% maior do que no ano passado.
Para o superintendente do JundiaíShopping, Guillermo Bloj esta Black Friday foi bastante positiva, reunindo ofertas atrativas, com descontos que chegavam a 70%, além de ações preparadas para os clientes.
Bloj afirma que, pelo segundo ano consecutivo, o JundiaíShopping optou por integrar a ação da Black Friday com a campanha de Natal, que vai sortear 10 Jeep Renegade zero quilômetro. “Então além de aproveitar as melhoras ofertas, o cliente que realizou suas compras na sexta-feira (23) e já efetuou o cadastro e impressão dos cupons no mesmo dia teve direito a seis cupons extras para concorrer aos automóveis”, reforça.

CONSUMIDORES
Entre os consumidores, muitos optaram por comprar em lojas físicas, mas também teve espaço para quem escolheu a Internet, como o caso do analista de logística Thiago Antonio de Almeida, de 32 anos, que comprou um presente para o filho. “Eu adquiri um cartão de presente para o meu filho, com direito a trocar por jogos de vídeo-game”, explica.
Segundo Thiago, o produto normalmente é vendido na faixa de R$ 150,00 a R$ 200,00. “No entanto, por meio da Black Friday consegui um desconto de aproximadamente 40% e fiquei muito satisfeito”, disse.
Por outro lado, o auxiliar de analista de vendas, Guilherme Nery, de 23 anos, não fez nenhuma compra nesta Black Friday. “Eu adquiro produtos com muita frequência nesta época do ano. No entanto, na Black Friday 2018 não encontrei nada dentro do meu orçamento. Achei muito caro e agora é esperar as promoções de Natal, pois pretendo comprar um celular, um aspirador de pó para presentear a minha mãe, além de um ar condicionado”, conclui.

BLACK FIDAY MOVIMENTO NO CENTRO

BLACK FIDAY MOVIMENTO NO CENTRO


Link original: https://www.jj.com.br/economia/com-black-friday-vendas-aumentam-5-no-comercio-da-cidade/
Desenvolvido por CIJUN