Jornal de Jundiaí | https://www.jj.com.br

Comerciantes de Jundiaí esperam aumento de até 15% nas vendas de Natal

VINICIUS SCARTON | 01/12/2018 | 05:00

Comerciantes de Jundiaí estão otimistas e estimam aumento de até 15% nas vendas neste Natal, em comparação ao mesmo período do ano passado. Subgerente de uma loja de calçados, Rafael Dias Souza se diz bastante otimista com a proximidade da data. “A expectativa é boa, o Centro está bem decorado e temos uma grande variedade de produtos à disposição dos consumidores. Estimo um crescimento de vendas em torno de 10% a 15%”, diz.

Em uma loja multimarcas, o proprietário Marco Antônio Miki Camargo também está confiante com mais um Natal que se aproxima. “O otimismo é grande e por aqui temos expectativa que as vendas aumentem cerca de 10%, em relação a 2017”, disse. Como já é tradicional no mês de dezembro, além da decoração especial que já ilumina as ruas da cidade, a partir deste sábado (1º) o comércio varejista de Jundiaí inicia o horário especial de funcionamento para atrair os consumidores. Com isso, no Centro as lojas funcionarão das 9h às 22h de segunda a sexta-feira, e aos sábados e domingos, das 9h às 18h. Já nas vésperas dos feriados, dias 24 e 31, estarão abertas das 9h às 18h.

Segundo o presidente do Sincomercio Jundiaí e Região e da Câmara de Dirigentes Lojistas de Jundiaí (CDL), Edison Maltoni, as entidades ainda não fechou a estimativa de vendas. No entanto, a expectativa é de aumento. “O cenário é positivo, especialmente por conta das várias vagas de empregos criadas em Jundiaí e do pagamento da primeira parcela do 13° salário nesta sexta-feira (30). Essa injeção de dinheiro representa um grande ânimo para o comércio local, pois uma parte é destinada a quitação de dívidas que se reverte novamente em abertura de crédito e novas vendas”, afirma.

E a busca pelos presentes de Natal já começou. A administradora de empresas Bruna Alves de Souza, de 22 anos, esteve na tarde de ontem no Centro pesquisando preços e algumas opções. “Neste ano pretendo comprar presentes para algumas pessoas e me presentear também. A ideia é comprar roupas e sapatos nos próximos dias”, confirma.

Já a operadora de caixa Pamela Alves de Souza, de 22 anos, também passou pelo Centro ontem para comprar uma árvore de Natal. “Mas além disso, pretendo retornar nos próximos dias para comprar o presente das minhas filhas. Estimo gastar até R$ 300”, calcula. A vendedora Ana Carolina Neves Calazans, de 21 anos, optou pela antecipação neste ano e já comprou presentes para os familiares. “Tomei essa decisão para ter mais tranquilidade nos dias próximos ao Natal e também para garantir o produto com um preço melhor”, ressalta.

O Maxi Shopping Jundiaí funcionará com horário diferenciado em dezembro. Nos dias 9 e 16 (domingos), das 12h às 22h. Já do dia 10 a 15 e de 17 a 23, o expediente será das 10h às 23h. Segundo a gerente de marketing, Silvia Helena Orenga Sandoval, a expectativa é de que haja um aumento de vendas de 8% em relação ao mesmo período de 2017. “Além disso, estimamos um incremento de fluxo de público de 10% se comparado ao ano passado”, resume.

Já o JundiaíShopping também terá seu horário de funcionamento estendido neste mês de dezembro. Nos sábados que antecedem a semana do Natal (dias 8 e 15), as lojas do shopping passam a funcionar das 10h às 23h. Entre os dias 20 e 23 de dezembro, o horário será das 10h às 23h (lojas) e das 11h às 23h (alimentação e lazer). O superintendente do JundiaíShopping, Guillermo Bloj, destaca que o Natal é a melhor data do ano para o varejo e as perspectivas são bastante positivas. “Neste ano, estamos com um mix de lojas mais completo, com marcas bastante aguardadas e com a promoção de Natal, que tem atraído a atenção dos clientes”, encerra.

MOVIMENTO COMERCIO DO CENTRO NATAL CASA DO PAPAI NOEL

MOVIMENTO COMERCIO DO CENTRO NATAL
CASA DO PAPAI NOEL


Link original: https://www.jj.com.br/economia/comerciantes-de-jundiai-esperam-aumento-de-ate-15-nas-vendas-de-natal/
Desenvolvido por CIJUN