Jornal de Jundiaí | https://www.jj.com.br

Comércio tem 634 postos de trabalho fechados

| 25/06/2014 | 00:15

De janeiro a maio deste ano, o comércio de Jundiaí demitiu 634 trabalhadores formais, de acordo com dados do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged). O número é ainda mais expressivo do registrado no mesmo período de 2013, quando foram fechadas 214 vagas no setor.

A matemática desfavorável ao mercado de trabalho tem explicação simples, de acordo com o presidente de entidades como a Câmara dos Dirigentes Lojistas (CDL) e o Sindicato do Comércio Varejista de Jundiaí e Região (Sincomércio), Edison Maltoni: “Estamos em um momento de desaceleração da economia, com acesso a crédito restrito e as pessoas comprando menos. Consequentemente, as vendas tiveram queda e o comércio está sentindo isso.”

Segundo Maltoni, depois de reduzir o investimento em estoque de mercadorias, por exemplo, o corte de funcionários é o passo seguinte para cortar gastos. “Num momento no qual o comércio não vende, acaba sendo uma medida necessária e inevitável, inclusive”, considera.


Link original: https://www.jj.com.br/economia/comercio-tem-634-postos-de-trabalho-fechados/
Desenvolvido por CIJUN