Jornal de Jundiaí | https://www.jj.com.br

Dia das Crianças: comerciantes estão otimistas

| 24/09/2014 | 22:52

Um aumento de 5% nas vendas, em comparação com o mesmo período do ano passado, é o esperado por lojistas do setor infantil com a aproximação do Dia das Crianças, comemorado em 12 de outubro.

A projeção é bastante otimista em consideração ao atual momento econômico, mas a movimentação nas lojas, segundo a gerente de uma unidade da Ciranda Brinquedos, Andréia Martins, já é bastante favorável. “O pessoal começou a efetuar as compras, apesar de a maioria só estar pesquisando preços”, diz.

Segundo ela, as crianças têm poder de compra expressivo e influenciam os pais a gastarem valores razoáveis com os presentes. “Temos alguns produtos, como a fábrica de pulseiras, que inclusive estão esgotados já. A procura por brinquedos, principalmente da moda, está bem forte”, comemora.

A jovem Daiane Camargo Maciel, mãe de Yasmin, de dois anos e seis meses, levou a filha, na tarde de ontem, até uma loja no Centro da cidade para escolher o presente. “Ela quer uma Peppa Pig, mas estamos pesquisando os preços ainda”, explica. A avó da criança, Marizilda Camargo Maciel, também está à procura de presente para as duas netas, que têm a mesma faixa de idade. “O bom de vir antes é que dá para escolher com calma, sem as lojas lotadas”, diz, completando: “E a gente não corre o risco de acabar os produtos, pois o que comprar para uma, tenho que comprar para outra neta também.”

Variedade – Para a operadora de caixa Paula Fernanda de Oliveira Ignácio, tia de Gabriel, de 4 anos, o gasto com presente nesta época do ano é sempre dobrado. “Ele faz aniversário no dia 28 de setembro, bem perto do Dia das Crianças”, conta. Consequentemente, ela sempre se antecipa com as compras. “A ideia é gastar, no máximo, R$ 150 com os dois presentes”, diz, enquanto Gabriel segura vários brinquedos nas mãos, indeciso quanto ao que escolher.

Encarregado da Maravilhas do Lar Kids, no Centro de Jundiaí, Flávio Inácio da Silva comenta que as estimativas são sempre as melhores para esta data do ano. “Acreditamos, também, em 5% de aumento nas vendas.” Pesquisas, no entanto, feitas por entidades como Câmara dos Dirigentes Lojistas (CDL) e Associação Comercial Empresarial de Jundiaí (ACE) apontam para números entre 2,5% e 3% de reajuste em relação ao mesmo período de 2013. “A estimativa era de 5%, mas o número foi revisto com o resultado da pesquisa, que considera o quanto as indústrias produziram e o quanto os lojistas estocaram”, explica o presidente da CDL, Edison Maltoni.

Mais informações na edição impressa do Jornal de Jundiaí desta quinta-feira (25) ou faça uma assinatura digital.


Link original: https://www.jj.com.br/economia/dia-das-criancas-comerciantes-estao-otimistas/
Desenvolvido por CIJUN