Economia

Dólar bate novo recorde nominal

Após passar a maior parte do dia em queda, o dólar mudou de rumo no meio da tarde - e bateu novo recorde de fechamento nesta terça-feira (12), na esteira do agravamento das tensões políticas, e em meio à piora do sinal em Wall Street. A moeda norte-americana encerrou o dia vendida a R$ 5,8691, em alta de 0,86%, batendo novo recorde nominal de cotação, isto é, sem considerar a inflação. Na máxima do dia, chegou a R$ 5,8860. Já o dólar turismo fechou a R$ 6,0767, sem considerar o IOF. No ano, o avanço chegou a 46,37%. No mês a alta acumulada é de 7,89%. Durante a tarde, pesou sobre a cotação do dólar o aumento da tensão política em Brasília, onde advogados e investigadores assistiram ao vídeo da reunião ministerial do dia 22 de abril.

Notícias relevantes: