Jornal de Jundiaí | https://www.jj.com.br

Dólar ficará acima de R$ 4 até eleições, dizem analistas

FOLHAPRESS | 24/08/2018 | 20:30

Nada indica que o dólar vá perder no curto prazo o novo patamar de R$ 4, alcançado após uma semana marcada pela publicação de pesquisas eleitorais e com um exterior fragilizado. Em cinco dias, a moeda americana acelerou sua alta e acumulou valorização de 4,8%. Foi o maior ganho semanal desde novembro de 2016.

Nesta sexta (24), um alívio na aversão a risco no exterior contribuiu para o dólar quebrar sequência de sete altas e recuar 0,48%, para R$ 4,104. Mas o horizonte não aponta um cenário de dólar abaixo de R$ 4, afirma José Francisco de Lima Gonçalves, economista-chefe do Banco Fator. Ao menos não enquanto o cenário eleitoral estiver cercado por incertezas e não trouxer uma possibilidade mais clara de que um nome que agrade aos investidores ganhe força nas pesquisas, complementa.

“Teria que ter um desdobramento político pouco provável para que o dólar caísse. Pode voltar a R$ 3,50 na hipótese de alguém que o mercado veja como confiável ir para o segundo turno das eleições.” Rafael Passos, analista da Guide Investimentos, diz que o cenário deve ser de volatilidade sobretudo até o início da campanha eleitoral na TV, na próxima sexta-feira (31).

“Quando saírem as primeiras pesquisas após o início da propaganda eleitoral, teremos mais claro se Geraldo Alckmin [PSDB] vai conseguir usar as vantagens que tem do centrão para garimpar votos”, afirma. O tucano -candidato preferido pelo mercado por ser visto como um nome mais reformista- detém 44% do tempo televisivo na corrida.

Além da disputa comercial entre EUA e China, que ganhou novo capítulo na quinta (23) após a imposição bilateral de mais tarifas sobre a importação de produtos, os investidores analisaram o discurso do presidente do Federal Reserve (BC dos EUA), Jerome Powell, nesta sexta.

T_dbc64acb-0ff0-4e01-89e3-08eb5517a940


Leia mais sobre | |
Link original: https://www.jj.com.br/economia/dolar-ficara-acima-de-r-4-ate-eleicoes-dizem-analistas/
Desenvolvido por CIJUN