Jornal de Jundiaí | https://www.jj.com.br

Feirão aposta em carência para aquecer mercado imobiliário

| 17/05/2014 | 05:00

Para incentivar o crescimento do setor imobiliário, a Caixa Econômica Federal (CEF) apostou em diminuição de taxas de juros e oferecimento de seis meses de carência para quem adquirir seu imóvel durante o Feirão da Casa Própria, que segue até amanhã, no piso G3 do Maxi Shopping Jundiaí.

“Esse ano o crescimento está devagar, mas acreditamos que essas facilidades vão garantir o sucesso do feirão”, afirma o superintendente regional da Caixa, Henrique Parra Parra. De acordo com Domingos Custódio da Silva, gerente regional de construção civil da CEF, pelo menos 12 mil pessoas devem passar pelos 25 estandes. “Temos 3.200 unidades em oferta para Jundiaí e cidades do entorno, como Franco da Rocha, Itatiba, Cajamar e outras.”

São 21 empresas, quatro imobiliárias e uma loja de móveis planejados. As ofertas variam de R$ 148 mil a R$ 800 mil. “No ano passado geramos R$ 300 milhões no Feirão da Casa Própria e acreditamos que conseguiremos ultrapassar esse valor. O interessante daqui é que o cliente escolhe o imóvel, simula o financiamento e já sai com o consórcio aprovado”, analisa Domingos.

Para o presidente da Proempi (Associação das Empresas e Profissionais do Setor Imobiliário de Jundiaí e Região), Ricardo Benassi, Jundiaí é uma das regiões que mais atrai público no Brasil. “São pessoas que buscam qualidade de vida, mobilidade e sustentabilidade.” No Feirão, além do financiamento, o consumidor também pode procurar os consórcios imobiliários e de veículos.


Link original: https://www.jj.com.br/economia/feirao-aposta-em-carencia-para-aquecer-mercado-imobiliario/
Desenvolvido por CIJUN