Economia

Fisco: Receita Federal alerta para golpe de doação a paróquia

A Receita Federal alertou nesta sexta-feira (18) sobre um golpe envolvendo mercadorias apreendidas. Os golpistas se passam de agentes da instituição para oferecer os produtos como doação, desde que a vítima arque com os custos de alimentação e viagem dos motoristas. O golpe foi denunciado por um representante de uma paróquia do interior do estado de São Paulo que procurou a Delegacia da Receita Federal em Presidente Prudente (558 km de SP). Segundo o representante, um padre recebeu o contato de uma pessoa vinda de Santa Catarina, dizendo ser delegado de Alfândega da Receita Federal. O falso agente dizia ter efetuado grande apreensão de mercadorias, que seriam destinadas à paróquia se a igreja arcasse com os custos de alimentação dos motoristas dos caminhões e o combustível da viagem. O valor sairia entre R$ 5.000 e R$ 6.000. Ainda de acordo com o denunciante, durante o contato com a paróquia, o golpista enviou fotos das mercadorias, por meio do WhatsApp. Entre os produtos estavam geladeiras, ar-condicionado, instrumentos musicais, brinquedos e perfumes. Algumas imagens continham o logotipo da Receita Federal. A Receita Federal afirma que não realiza contato ou qualquer tipo de doação fora de processos administrativos e não autoriza qualquer outra empresa ou pessoa a atuar em seu nome.

Notícias relevantes: