Jornal de Jundiaí | https://www.jj.com.br

Grandes empresas inovam e escolhem investir em Jundiaí

ARIADNE GATTOLINI | 07/07/2019 | 07:00

Nesta semana, Jundiaí foi citada em ranking de publicação do jornal inglês Financial Times como a melhor cidade do Brasil com mais de 350 mil habitantes para receber investimentos. Nas Américas, ela está na terceira posição.

Levantamento (veja gráfico) demonstra como nos últimos dois anos empresas de alto valor agregado se instalaram na cidade. Além de novas empresas, aquelas tradicionalmente no local, como a Siemens, com planta fabril desde 1974 no Distrito Industrial, tem trazido inovações tecnológicas e investimentos para as unidades locais.

A Siemens inaugurou em 2019 o MAC (MindSphere Application Center), espaço de co-criação, pesquisa e desenvolvimento de soluções digitais. No local, poderão ser desenvolvidos softwares, aplicativos mobile, estudos e serviços digitais para clientes. A vantagem é que a unidade irá utilizar startups para a busca de soluções e isto agrega valor intelectual e criativo a Jundiaí.

O vice-presidente de Smart Infrastructure da Siemens Jundiaí, Sergio Jacobsen, afirma que era preciso agregar soluções aos produtos de energia. “Percebemos que 95% dos dados gerados pelas nossas subestações não eram analisados. Com este novo acompanhamento, podemos encontrar soluções eficientes para o cliente, com manutenção preventiva e redução de gastos.”

A economia compartilhada e o espaço de co-criação pretendem ampliar o ambiente de inovação, criando competências para a Região. “Nossa intenção é exportar soluções para toda a América Latina, a partir do MAC Jundiaí”, afirma Sergio.

A Siemens não divulga o valor de investimento no novo business, mas a empresa possui na unidade Jundiaí 2.258 funcionários e recolhe R$ 14 milhões anuais em impostos e taxas para a cidade.

Desburocratizar
Reconhecida como cidade de infraestrutura completa e de excelente localização logística, o prefeito Luiz Fernando Machado afirma que, no cenário atual, há um grande esforço administrativo para desburocratizar os processos, a fim de facilitar a vinda de novas empresas e também possibilitar a expansão daquelas que já estão instaladas. “Desde que chegamos ao governo nosso foco tem sido na aproximação do poder público com o setor produtivo, visando a fomentar o empreendedorismo e a agilizar o alvará de funcionamento para as empresas, pois, além de trazer mais riqueza para o município, elas geram empregos e trabalho para nossa população, o que alavanca o desenvolvimento da cidade”, afirma Luiz Fernando.

O gestor de Governo e Finanças, José Antonio Parimoschi, elenca que Jundiaí já trabalha com foco de desenvolvimento a longo prazo. “Essa agenda do desenvolvimento é estratégica para Jundiaí continuar se desenvolvendo economicamente e com boa qualidade de vida para seus moradores. Já estamos trabalhando numa agenda de longo prazo (Jundiaí 2050), que está definindo ações sustentáveis para redução dos gases de efeito estufa a partir de investimentos em energia limpa e na formação de mão de obra para atender os novos desafios do mercado, inclusive pensando nas profissões que ainda não existem, mas que serão necessárias num cenário onde a presença de IOT (Internet das Coisas), IA (Inteligência Artificial), robotização é cada vez mais abundante. A administração atual também está investindo em projetos que antecipam este futuro, como a construção de um novo sistema de abastecimento para garantir o fornecimento de água para a cidade em 2040 e 2050”, exemplificou.

Neste componente, entra a qualificação de mão de obra para o mundo de crescente robotização. Além da expansão da infraestrutura, já existente, a educação bem avaliada é outro elemento-chave para a adequação da mão de obra, em um mercado cada vez mais exigente, segundo os gestores.


Leia mais sobre
ARIADNE GATTOLINI
Link original: https://www.jj.com.br/economia/grandes-empresas-inovam-e-escolhem-investir-em-jundiai/
Desenvolvido por CIJUN