Jornal de Jundiaí | https://www.jj.com.br

Jundiaí gera 884 postos de emprego e fica em 12º no Estado

Simone de Oliveira | 27/03/2019 | 05:00

A criação de vagas de trabalho com carteira assinada acelerou em fevereiro com a abertura de 173 mil empregos formais no País, de acordo com dados do Caged (Cadastro Geral de Empregados e Desempregados). Estes números refletiram no Estado de São Paulo e, consequentemente em Jundiaí, que fechou fevereiro com o saldo positivo de 884 de vagas, ficando em 12º lugar no ranking do Estado: um acumulado de 954 postos desde o início do ano.
O gestor da Unidade de Gestão de Desenvolvimento Econômico, Ciência e Tecnologia, Messias Mercadante de Castro, explica que a posição é importante para atrair novos investidores, o que já está acontecendo. Segundo ele, em 12 meses, uma média de 45 novas indústrias foram instaladas na cidade.
“Fechar o mês com 268 postos de trabalho no setor de indústria de transformação é importante para a economia do município. Mas quando falamos em dados positivos temos de lembrar que o setor de serviços, com 572 vagas, também ajudaram a cidade a ficar em uma posição favorável em comparação a muitas outras do interior”, analisa Messias.
E por falar em setor de serviços, o gestor lembra que a área engloba educação, lazer, turismo e até transporte. “A mão de obra também é valorizada com a chegada das empresas, tanto que um centro será instalado na cidade como referência em treinamentos. Vamos receber pessoas do país inteiro neste local”,adianta.
Ainda de acordo com dados do Caged, a construção civil gerou 58 vagas e a administração pública (concursos públicos), 73 vagas. Ao analisar os números, o diretor titular do Ciesp Jundiaí, Marcelo Cereser, lembra do setor de autopeças e da construção civil como sendo os maiores empregadores no mês de fevereiro. Uma boa notícia para a cidade, porque mostra os setores reagindo à crise. “Estes são os setores que mais demoram para retomar pois dependem do poder de compra para aumentarem suas produções, mas quando isto acontece começam a contratar mais.”
Daqui para frente, segundo o diretor, os números tendem a crescer. “Os saldos se mostram bastante positivos, reforçando o que estamos dizendo há alguns meses sobre o aquecimento da economia. Agora, com estes setores dando sinais de retomada, é possível concluir que o crescimento da nossa economia está cada vez mais consistente”, declara Cereser.

DIA DA INDUSTRIA EMPRESA AOC LINHA DE PRODUCAO


Link original: https://www.jj.com.br/economia/jundiai-gera-884-postos-de-emprego-e-fica-em-12o-no-estado/
Desenvolvido por CIJUN