Jornal de Jundiaí | https://www.jj.com.br

Lâmpadas tradicionais de 60w deixam de ser produzidas no País

| 24/06/2014 | 00:05

A partir de 1º de julho, próxima terça-feira, estará proibida a produção nacional de lâmpadas incandescentes de 60w, a exemplo de medida já tomada para tirar do mercado as opções de 100w e 150w, conforme determinação da Portaria Interministerial 1007, publicada em 2010. A proposta é dar espaço para novas tecnologias com maior eficiência energética, capazes de reduzir o consumo e, consequentemente, que atendam ao quesito sustentabilidade.

Nesse contexto, as opções para os consumidores são lâmpadas fluorescentes e de LED, conforme explica o vendedor de uma loja de materiais elétricos no Centro de Jundiaí, Pedro Luiz Longatto. “As fluorescentes, conhecidas como econômicas, já têm bastante comercialização. E as de LED tem ganhado espaço, embora ainda sejam um tanto quanto rejeitadas por alguns consumidores pelo valor mais alto”, explica.


Link original: https://www.jj.com.br/economia/lampadas-tradicionais-de-60w-deixam-de-ser-produzidas-no-pais/
Desenvolvido por CIJUN