Economia

Reajuste de mensalidade escolar para 2015 ficará acima de 10%


2014-09-30_20-10-48_1
Crédito: Reprodução/Internet

As mensalidades das escolas particulares de Jundiaí e Região devem subir um pouco mais de 10% para o ano que vem, segundo estima o vice-presidente do Sindicato dos Estabelecimentos de Ensino no Estado de São Paulo, José Augusto de Mattos Lourenço. “Esse índice, que deve ser o mesmo em todo o Estado, contempla a inflação atual mais outros custos fixos, como o reajuste anual nos salários dos funcionários e despesas de manutenção da escola”, explica Lourenço.

Para o economista Mariland Righi, esse reajuste acima da inflação não é exclusividade do setor de educação, uma vez que os empresários estão antecipando uma série de custos extras que devem surgir logo após o período eleitoral. “Há uma expectativa de aumento no preço da energia elétrica, dos combustíveis e também nos impostos depois das eleições e o empresariado está atento a isso”, comenta Righi.

As escolas particulares de Jundiaí adotaram a estratégia de facilitar o pagamento das matrículas para manter os alunos. É possível pagar em até quatro vezes.

Mais informações na edição impressa do Jornal de Jundiaí desta quarta-feira (01) ou faça uma assinatura digital.


Notícias relevantes: