Jornal de Jundiaí | https://www.jj.com.br

São inúmeras as ‘cobaias’ da beleza em Jundiaí

| 01/06/2014 | 00:20

Você já pensou em cortar o cabelo por R$ 2? E fazer pé e a mão por apenas R$ 10? Pode até parecer estranho em tempos onde a beleza é supervalorizada e manter-se bonita custa caro. Mas, na contramão dos valores e confiando no profissional que está aprendendo o ofício, muitas pessoas dão preferência para as escolas profissionalizantes que precisam de “cobaias”, ou melhor, de modelos reais para treinar seus alunos.

Este trabalho vem atraindo a atenção de muitas pessoas que querem estar de bem com o espelho, mas sem tantos gastos. A cuidadora de idosos Dirce Érica Furquim diz que faz questão de estar com as unhas bem feitas. Quando soube que havia escolas que disponibilizavam este serviço, resolveu experimentar. E gostou do resultado. “Elas trabalham com muito cuidado e são supervisionadas pelos professores, por isso fico tranquila. E economizo já que pago só R$ 10 – com certeza bem menos que no salão.”

A técnica de enfermagem Edileusa Ferreira de Lima deixou seu nome em uma lista para ser “cobaia” na área de estética. Fazer a limpeza de pele, sem pagar nada, foi um dos motivos que a motivou. “Não é nada barato fazer uma limpeza de pele em um salão e por isso fiz questão de colocar meu nome à disposição das meninas. Ficamos bonitas sem tanto custo”, diz ela.

Bons Lucros – Em uma pesquisa realizada no ano passado pelo Instituto DataPopular, os gastos dos brasileiros (especialmente das brasileiras) com produtos de higiene pessoal e beleza (cabeleireiros, manicures e esteticistas) foi de R$ 59,3 bilhões este ano – um aumento de 124% em dez anos.

Enquanto grande parte não poupa para estar com as unhas, cabelo e maquiagem em dia, o mercado de escolas profissionalizantes comemora por conta do número de atendimentos realizados.

Em Jundiaí, uma escola profissionalizante chega a atender cerca de 4,2 mil pessoas por mês. Há 25 anos no mercado, a mantenedora do Espaço Célia Santucci Escola de Beleza & Escola, Célia Santucci, diz que por dia a média de público chega a 150 pessoas procurando apenas pelo serviço de corte de cabelo.


Link original: https://www.jj.com.br/economia/sao-inumeras-as-%c2%91cobaias%c2%92-da-beleza-em-jundiai/
Desenvolvido por CIJUN