Jornal de Jundiaí | https://www.jj.com.br

Venda de ovos de Páscoa deve crescer até 10% em 2018

NIZA SOUZA - csouza@jj.com.br | 09/03/2018 | 04:28

Eles já estão em exposição há algumas semanas, chamando a atenção dos consumidores, especialmente das crianças. Mas as vendas efetivas dos ovos de chocolate para a Páscoa começaram mesmo nesta semana, tanto nos supermercados quanto nas lojas especializadas em chocolate. E os comerciantes da cidade estão otimistas, com expectativa de crescimento de vendas entre 4% e 10% este ano, na comparação com a mesma data no ano passado. O presidente do Sincomercio Jundiaí e Região, Edison Maltoni, destaca que segundo estimativa da Associação Paulista de Supermercados (Apas), o segmento deve ter crescimento de 4% a 5% em vendas em relação ao ano passado. “Estamos otimistas em relação à Páscoa deste ano, devido à retomada da economia e ao aumento do Índice de Confiança do Consumidor e do Empresário do Comércio. Em Jundiaí, algumas lojas já percebem um bom movimento nas vendas e apresentam novidades e variedades em produtos para atrair os consumidores”, afirma.

Foto: Alessandro Rosman/Jornal de Jundiaí

Foto: Alessandro Rosman/Jornal de Jundiaí

Alguns supermercados consultados pela reportagem confirmam a estimativa da Apas. “A expectativa é de que o volume de vendas de ovos de Páscoa este ano cresça 4% em relação ao ano passado”, diz Itamar Servelin, do departamento de Planejamento Estratégico da Coopercica. Segundo ele, as vendas do produto já começaram e devem ser mais intensas na semana que antecede à data. “Neste momento, os mais procurados são os ovos de tamanho menor e mais baratos, além daqueles com apelo infantil, com brindes e alusivos a personagens”, destaca Servelin, lembrando que a indústria de ovos de Páscoa está sempre com novidades para atrair o consumidor. Em outro mercado da cidade, a expectativa de crescimento este ano é ainda maior. “A procura por ovos de chocolate já está aquecida. A estimativa é de crescimento de 10%, tanto dos ovos de Páscoa quanto dos peixes, incluindo o bacalhau, que também têm grande procura nesta data. Pela demanda que estamos registrando nos últimos dias, tudo indica que vamos alcançar a meta”, afirma Ueliton Almeida de São Pedro, gerente do Covabra.

Foto: Alessandro Rosman/Jornal de Jundiaí

Foto: Alessandro Rosman/Jornal de Jundiaí

Chocolaterias
Nas lojas especializadas em chocolate, a expectativa de crescimento das vendas é ainda maior. Sócia da Chocolateria Gramado, Fernanda Moura estima aumento de 100% em relação a 2017, quando o estoque da loja acabou três dias antes da Páscoa. “Já estamos com movimento intenso desde a semana passada e também recebendo bastante encomendas”, diz. Entre os tipos mais procurados este ano, Fernanda destaca os ovos trufados e o de colher. “Mas há opções para todos os gostos, até para aquelas pessoas mais fitness, para diabéticos, alérgicos à lactose e até veganos”, destaca a comerciante. No Maxi Shopping Jundiaí, onde há várias lojas de chocolate, a expectativa é de crescimento de vendas de 4%. “Além das lojas específicas de chocolate, a data movimenta ainda os setores que têm produtos com chocolate, como docerias, e também lojas de brinquedos e outras, que comercializam produtos para a data”, destaca a gerente de Marketing, Silvia Helena Orenga Sandoval.


Link original: https://www.jj.com.br/economia/venda-de-ovos-de-pascoa-deve-crescer-ate-10-em-2018/
Desenvolvido por CIJUN