Jornal de Jundiaí | https://www.jj.com.br

Vendas de Natal registram aumento de 7% em Jundiaí

DA REDAÇÃO | 28/12/2018 | 05:00

As vendas de Natal no comércio varejista foram positivas para 70% dos lojistas ouvidos na pesquisa realizada pelo Sindicato do Comércio Varejista de Jundiaí e Região (Sincomercio) nesta quarta-feira (26/12). O levantamento aponta um crescimento de 7% nas vendas em comparação com o mesmo período em 2017.

Foram consultados lojistas do Centro, bairros e shoppings, dos segmentos de roupas, calçados, brinquedos, magazines e outros. Os setores que mais de destacaram no comércio varejista das cidades representadas pela entidade (Jundiaí, Várzea Paulista, Campo Limpo Paulista, Itupeva, Louveira e Jarinu) foram: vestuário, calçados, acessórios, brinquedos, perfumaria, magazines, utilidades do lar, eletrônicos e celulares.

Em comparação com o Natal de 2017, 35,3% dos entrevistados ouvidos avaliam que o crescimento nas vendas deve ser igual ao de 2017 que, segundo pesquisa pela entidade foi de 7%. Já outros 23,5% acreditam que as vendas irão melhorar em comparação com 2017. A pesquisa prévia feita pela entidade já indicava um crescimento na margem de 6,5%.  Para 22,5% dos entrevistados, as vendas no Natal foram boas. Outros 20% avaliaram que foi dentro do esperado. Já 17,5% consideraram excelentes e 25% acreditam que as vendas poderiam ser melhores. Outros 15% classificaram como abaixo do esperado.

“Os números refletem o clima de otimismo quanto aos rumos do país após um período de retração da economia. Essa perspectiva positiva estimulou os consumidores a comprarem neste Natal”, avalia Edison Maltoni, presidente do Sincomercio Jundiaí e Região e da Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL) Jundiaí.

Ele ressalta que muitos lojistas ainda não finalizaram o balanço de Natal e destaca o cenário no comércio nos últimos dias do ano. “Além do período de trocas dos presentes de Natal, que também é importante para os lojistas, agora o foco são as compras para o réveillon como vestuário, comidas e bebidas, além das viagens e férias”, observa.

BALANÇO
O tíquete-médio dos presentes de Natal ficou entre R$ 100 e R$ 150 para 33,3% dos entrevistados. Já 25,6% classificaram o valor de R$ 50 a R$100 e para 20,5%, a média ficou na faixa dos R$ 50. Outra boa notícia revelada durante a pesquisa é que dos 58,5% entrevistados que contrataram temporários para auxiliar nas vendas de Natal, 27,8% pretende efetivar. “Esta é mais um prova da retomada do comércio e da economia. As contratações confirmam a perspectiva positiva”, reforça Maltoni.

O levantamento feito pelo Sincomercio também revelou que a maioria dos comerciantes está otimista em relação ao crescimento do comércio em 2019. “Do total de entrevistados, 82,9% tem perspectiva de crescimento para 2019. Entre os fatores atribuídos estão a confiança do consumidor e a expectativa de retomada da economia especialmente pela mudança no governo”, explica Maltoni.

Rui Carlos

Rui Carlos


Link original: https://www.jj.com.br/economia/vendas-de-natal-registram-aumento-de-7-em-jundiai/
Desenvolvido por CIJUN