Jornal de Jundiaí | https://www.jj.com.br

Wet‘n‘Wild investe R$ 7 milhões em nova atração

| 02/10/2014 | 00:36

Com aumento em torno de 27% no número de visitantes no primeiro semestre de 2014, em relação ao mesmo período do ano anterior, o parque aquático Wet’n Wild não só comemora os bons resultados como investe pesado para manter o local atrativo ao público.

A novidade, para isso, é o Vortex, considerado a maior atração aquática da América Latina. O equipamento tem diâmetro equivalente a um prédio de seis andares e velocidade que atinge 70km/h, aproximadamente. De acordo com o presidente do parque, Alain Baldacci, só há duas outras atrações similares no mundo.

“O verão prolongado nos ajudou muito neste ano. Em 2013, o resultado não havia sido muito bom por causa do maior volume de chuvas, mesmo com o calor intenso”, afirma, completando: “Se considerado o momento econômico atual, estamos bem posicionados com os números.”

E isso, segundo Baldacci, é consequência de estratégias como o investimento em novas atrações. O Vortex exigiu em torno de R$ 7 milhões para ser implantado, com a necessidade de cem pessoas envolvidas na montagem, a qual está ocorrendo em quatro diferentes etapas. “O parque reinveste muito do seu resultado em melhorias e novos equipamentos, o que é uma política dos acionistas e ajuda a manter nossa presença bastante forte no mercado”, enfatiza o presidente do Wet’n Wild.

De acordo com Baldacci, o Vortex será inaugurado com suporte para boias que comportam até quatro pessoas num primeiro momento. Em 2015, no entanto, será instalada uma esteira para içar as boias maiores, que suportam seis visitantes. Já em 2017, o funil será fechado e a atração receberá um novo sistema de luzes, o que transformará o equipamento numa verdadeira balada dentro do tobogã. “Ele tem altura de um prédio de 7, 8 andares e já chama muito a atenção antes mesmo de começar a funcionar”, diz Baldacci.

A escolha da atração ideal para a nova temporada foi definida no fim do ano passado e a decisão da compra deu-se no início de junho. O investimento envolve estudos, projeto arquitetônico, de engenharia, logística e obras. Importado do Canadá, o equipamento chegou ao Porto de Santos em 19 contêineres, no último dia 21 de agosto.


Link original: https://www.jj.com.br/economia/wet%c2%91n%c2%91wild-investe-r-7-milhoes-em-nova-atracao/
Desenvolvido por CIJUN