Jornal de Jundiaí | https://www.jj.com.br

Funcionário motivado produz melhor

| 14/03/2014 | 16:17

A motivação no ambiente de trabalho é um desafio para as empresas e, aliada a satisfação da equipe, pode fazer a diferença nos negócios. Neste processo, o líder possui extrema importância para fazer com que a equipe se sinta bem, feliz e motivada. A especialista em desenvolvimento organizacional da IBE-FGV, Rita Ritz, define a motivação como aquilo que nos estimula a fazer algo, a empreender alguma ação.

“É o motivo para a ação. Isto se estende para todos os vieses da nossa vida. Precisamos de motivação para trabalhar, para aprender, para fazer o melhor, para viver”, explica. Para ela, estar motivado para o trabalho é uma garantia maior de que o profissional desempenhará o seu papel da melhor forma possível. “A motivação engaja o funcionário e faz com que ele trabalhe mais e melhor. É o que o estimula a fazer melhor do que o que ele se acha capaz de fazer”, assinala Rita.

Na opinião da especialista, o líder é fundamental na questão da motivação no ambiente corporativo, podendo motivar ou desmotivar também. Ela diz que um dos fatores que mais influencia na motivação do colaborador é o relacionamento com o líder. Dessa forma, Rita analisa que se o relacionamento for bom, mesmo que o trabalho seja árduo, o funcionário vai executar da melhor forma possível, pois ele faz o trabalho com objetivo de entregar o melhor resultado possível para o líder.

Por outro lado, observa que se o relacionamento for ruim ou difícil, mesmo com boas condições de trabalho, e com um trabalho desafiador e interessante, este colaborador não conseguirá ficar motivado durante sua jornada, pois o relacionamento estará contaminado.

“Costumo dizer que, em geral, os colaboradores pedem demissão do líder e não da empresa. Daí a importância do líder investir nos relacionamentos. Um relacionamento mais hierárquico, mais de “mando e obediência”, dá menos trabalho, mas também dá resultados menos duradouros. Um relacionamento mais flexível e permeado por respeito mútuo, dá mais trabalho, mas os resultados e a duração destes resultados, compensam”, afirma.

Primeiro passo
Inicialmente o líder precisa saber o que é que motiva as pessoas da sua equipe e oferecer o estímulo correto, segundo Rita. Isso porque o que motiva alguém com determinado perfil pode ou não motivar outro. “Partindo do pressuposto que a motivação pode ser entendida como intrínseca e extrínseca”.

Ela exemplifica que a motivação intrínseca é aquela de “dentro para fora”, emana da pessoa e geralmente está ligada a fatores como: reconhecimento pelo trabalho, expectativa de crescimento profissional, possibilidade de aprender algo novo. Já a motivação extrínseca é aquela de “fora para dentro”, tais como: aumento salarial, bonificação, prêmios vinculados a resultados atingidos.

“O importante é o gestor mesclar e usar estes recursos de maneira adequada ao funcionário. Só lembrando que os estímulos externos tem menor efeito e uma duração mais curta no que tange à motivação da pessoa na empresa, principalmente nos mais jovens”.

Sobre as novas gerações que estão chegando ao mercado de trabalho já alçando postos de gestão, ela observa que, em geral, são compostas por pessoas que valorizam mais os fatores motivacionais intrínsecos que os extrínsecos. “São pessoas cuja motivação está ligada ao desafio, à sensação de pertencimento àquilo que está fazendo, são pessoas que se motivam ao conhecerem o todo e não só a parte que está desenvolvendo. Mas também são pessoas que gostam de ganhar bem, de ser reconhecida financeiramente por um bom resultado entregue”.

Nesse caso, ela diz que a saída é: mesclar aumento salarial, com desafios; bonificação com ambiente propício para aprendizado; evolução na carreira com possibilidade de experiências no exterior. “E antes de mais nada, relacionamento. O líder deve investir no relacionamento. Para isto precisa saber ouvir, perceber o outro, considerar o ponto de vista do outro, tudo isto sem perder de vista a meta que deverá ser alcançada. É um desafio e tanto!”


Link original: https://www.jj.com.br/empregos-e-concursos/funcionario-motivado-produz-melhor/
Desenvolvido por CIJUN