Jornal de Jundiaí | https://www.jj.com.br

Livro mostra caminhos para 32% dos que são empreendedores

| 04/05/2014 | 15:56

A população brasileira é empreendedora, conforme apontam dados do relatório sobre Empreendedorismo no Brasil, da Global Entrepreneurship Monitor (GEM), mostrando que, em 2013, a porcentagem da população que abriu o seu próprio negócio saltou de 30,2%, em 2012, para 32,2%.

Os números são impressionantes, pois representa que cerca 123 milhões de indivíduos são proprietários de um empreendimento. Em contrapartida, o número de empresas que fecha as portas também é alto, sendo que, de cada 100 empresas criadas no Brasil, 24 fecham as portas antes mesmo de completar dois anos de atividade, conforme dados do censo de sobrevivência dos pequenos negócios, divulgado pelo Sebrae Nacional (Serviço Brasileiro de Apoio à Micro e Pequena Empresa).

Mas como garantir o sucesso de um negócio? Para responder a essa questão, os autores Irani Cavagnoli (ex-diretor executivo do Sebrae) e Reinaldo Domingos (autor do best-seller Terapia Financeira) lançaram o livro Papo Empreendedor – Uma reflexão essencial para chegar ao topo e ter sustentabilidade nos negócios (Editora DSOP).

A obra, segundo Irani Cavagnoli, vai a fundo nos segredos para o sucesso dos negócios. “Busco fechar a equação do sucesso empresarial, a qual posso afirmar que passa pela busca constante de conhecimento, consolidação de uma rede de contatos, perseverança e o descarte de receitas mágicas, que são ingredientes essenciais no dia a dia do empreendedor. Tudo isso recoberto com muito amor pelo que faz”, explica.

Já Reinaldo Domingos mostra como a Metodologia DSOP pode refletir diretamente nos resultados dos negócios, utilizando os seus pilares para atingirem o sucesso. “Por mais que tenha criado a DSOP voltada para o mundo financeiro, ela se mostra totalmente adaptável ao empreendedorismo”. Assim, na obra, os autores mostram os pilares do negócio: diagnosticar, sonhar e orçar.

Diagnosticar significa que o empreendedor deve, em primeiro lugar, fazer o “reconhecimento do terreno que pretende pisar”. Já o Sonhar, se refere ao fato de que as oportunidades para empreender são muitas e o empreendedor precisa escolher a que mais se ajusta ao seu sonho; isso é que motivará o empreendedor. No pilar Orçar, se questiona quanto custa o sonho de um novo negócio, sendo necessário realizar um planejamento.


Link original: https://www.jj.com.br/empregos-e-concursos/livro-mostra-caminhos-para-32-dos-que-sao-empreendedores/
Desenvolvido por CIJUN