Jornal de Jundiaí | https://www.jj.com.br

Planos positivos para o 3º trimestre

| 29/06/2014 | 00:00

Os empregadores brasileiros preveem um ritmo positivo de contratação para o período de Julho/Agosto/Setembro de 2014. O Setor de Serviços é o que tem a maior intenção de contratação e o estado do Rio de Janeiro a região mais otimista do País. As constatações foram obtida pelo ManpowerGroup, líder mundial em soluções inovadoras de gestão e contratação de pessoas, ao anunciar os resultados de sua pesquisa trimestral sobre a Expectativa de Emprego no Brasil, para o terceiro trimestre de 2014.

De acordo com a pesquisa, que ouviu 854 empregadores brasileiros, enquanto 23% esperam aumentar as folhas de pagamento, 11% antecipam uma queda em seus quadros e 65% acreditam que vão manter suas equipes intactas. 

“Neste momento, as intenções de contratação no Brasil são visivelmente mais fracas do que em 2011, 2012 e também 2013, quando as previsões começaram a diminuir. Empregadores brasileiros continuam demonstrando resiliência. O índice de +7% indica que o ritmo de contratação deverá manter-se positiva, com quase um em cada quatro empregadores pesquisados dizendo que planeja aumentar suas equipes nos próximos três meses”, afirma Riccardo Barberis CEO do ManpowerGroup Brasil.

Comparação por setor – Pelo terceiro trimestre consecutivo, as mais fortes intenções de contratação são reportadas no setor de Serviços,com uma Expectativa Líquida de Emprego de +24%. Os setores de Finanças/Seguro & Imobiliário e Administração Pública/Educação, também estão otimistas. 

Já os setores de Agricultura/Pesca e Mineração e Industrial relataram as mais fracas expectativas de contratação com índices de -2% e -1%, respectivamente, o que resulta que a previsão é para cortes. 

“A confiança entre os empregadores brasileiros ainda é positiva, mas está em um ritmo de contratação mais cauteloso. Incertezas associadas ao clima político e econômico, tem evidentemente afetado os planos de contratação. Mais do que já vimos no passado, muitos empregadores estão aparentemente adotando uma abordagem ‘esperar para ver‘, antes de contratar mais colaboradores”, conclui Riccardo. 


Link original: https://www.jj.com.br/empregos-e-concursos/planos-positivos-para-o-3o-trimestre/
Desenvolvido por CIJUN