Jornal de Jundiaí | https://www.jj.com.br

“Vejo nossa seleção como favorita a vencer esta Copa”

| 08/06/2014 | 00:05

Contrariando o óbvio. ele foi um jogador campeão de vôlei e basquete, mas encontrou no futebol a verdadeira paixão pelo esporte. Conquistou inúmeros títulos como supervisor e preparador físico da Sociedade Esportiva Palmeiras, mas confessa ser um corintiano, por gratidão ao reconhecimento pelo trabalho que desenvolveu no Timão.

Mas, se o assunto é a seleção brasileira, este jovem senhor de 81 anos tem história para contar, palpites quanto à escalação de Felipão e até vislumbra mais um caneco para o Brasil. Com a propriedade de um atleta, Hélio José Maffia, confessa que não pretende ir ao estádio para ver a seleção jogar, mas torce e afirma que este título é uma obrigação, muito mais do que uma conquista, já que acaba com o fantasma de 1950. E mais: alerta quanto ao respeito à seleção do Uruguai.

Jornal de Jundiaí – Aproveitando a experiência que o senhor teve como preparador físico da seleção brasileira, como explica tantos jogadores lesionados neste mundial?

Hélio Maffia – Hoje, os jogadores têm muitas atividades. O futebol da atualidade está mais agressivo, depende muito do físico do atleta. Para você ter uma ideia, no meu tempo, o Biro Biro, que jogava no Corinthians, por exemplo, corria em um jogo seis quilômetros. Hoje, estes jogadores correm mais de dez quilômetros por jogo. Então, o jogador é mais exigido fisicamente, mas falta qualidade técnica. O exemplo destas comparações são as seleções de 1970 e 1982.


Link original: https://www.jj.com.br/esportes/%c2%93vejo-nossa-selecao-como-favorita-a-vencer-esta-copa%c2%94/
Desenvolvido por CIJUN