Esportes

Santos vence em casa com muita "Justicia"

Libertadores Peixe pode se tornar o melhor time do torneio com 16 pontos, tendo vantagem nas oitavas


DIVULGAÇÃO
Além dos pontos, o Santos mantém a invencibilidade na competição, mostrando a boa campanha da equipe
Crédito: DIVULGAÇÃO

Pela última rodada do grupo G da Libertadores, o Santos enfrentou o argentino Defensa y Justicia nesta terça-feira (20), na Vila Belmiro. Mesmo classificado, o Peixe jogava para manter a boa fase na competição e chegar aos 16 pontos, se tornando uma das melhores equipes da fase de grupos.

Nos primeiros 45 minutos, o time santista usou da velocidade para criar os cenários de ataque, mas sem sucesso. A equipe argentina até conseguiu a superioridade, mas também não marcou. Quando o DyJ pressionava, o Peixe aproveitava a defesa adversária aberta, porém sem bom aproveitamento.

O que faltou no primeiro tempo sobrou no segundo. Aos seis minutos, Braian Romero fez o gol dos visitantes. Naquele momento, o Defensa y Justicia estava indo para as oitavas-de-final. Mas o Santos não ficou abalado com o susto. Na parte final do jogo, o time reagiu a partir dos 33, com Lucas Braga empatando e Marcos Leonardo virando nos acréscimos para 2x1, ambos em contra-ataque. Os dois jogadores saíram do banco de reservas para decidir.

O Santos, já garantido na próxima fase, chegou aos 16 pontos. Se o Palmeiras não vencer o Tigre hoje, o Peixe será o melhor clube da fase de grupos.

Quem também vai para as oitavas é o equatoriano Delfin, que venceu o Olimpia por 1x0 e contou com a ajuda do alvinegro praiano.


Notícias relevantes: