Esportes

São Paulo atropela Flamengo e avança para a semifinal

Copa do Brasil Tricolor repete boa atuação contra atual campeão brasileiro e embala boa fase com a classificação no Morumbi


DIVULGAÇÃO
O destaque da noite foi Luciano, que deixou dois gols na conta e contribuiu para carimbar a vaga para a semi
Crédito: DIVULGAÇÃO

Pelo jogo de volta das quartas-de-final da Copa do Brasil, o São Paulo recebeu o Flamengo ontem (18) no Morumbi. Precisando apenas de um empate, o Tricolor venceu por 3x0 e avançou para a semifinal da competição.

O primeiro tempo foi melhor para quem estava mais desesperado. Assim como na partida de ida no Rio de Janeiro, o Flamengo foi extremamente ofensivo, sem dar chances ao rival de atacar.

Uma das boas chances apareceu aos 14 minutos, quando Gerson recebeu passe de Vitinho e arriscou chute forte de fora da área. O goleiro Tiago Volpi fez a defesa em dois tempos. O São Paulo até marcou aos 21, após passe de Reinaldo, Luciano finalizou para o gol, mas a arbitragem marcou impedimento do lateral.

Com meia hora de jogo, o Rubro-Negro tinha finalizado cinco vezes contra apenas uma dos donos da casa. E ampliou aos 41, quando Arrascaeta deu bom passe para Vitinho, que conduziu pela direita e rolou para trás. Renê, de fora da área, arriscou o chute e mandou à esquerda de Volpi.

Na parte final do duelo, também como foi no Maracanã, o São Paulo abriu o placar no primeiro ataque. Lançamento de Daniel Alves, Luciano desviou de perna esquerda e fez o primeiro do Tricolor. Inicialmente arbitragem anulou o gol, mas após análise do VAR, lance é validado.

Dez minutos depois, saiu o segundo do Tricolor, também de Luciano. Após cruzamento perfeito de Reinaldo, o camisa 11 cabeceou tirando do goleiro Diego Alves e ampliando o marcador no Morumbi.

O Flamengo teve uma chance de ouro para diminuir a vantagem do rival. Aos 17 minutos, a arbitragem marcou toque de mão de Brenner após cabeceio de Willian Arão dentro da área, ou seja, pênalti para o time carioca com ajuda do VAR. Vitinho foi cobrar a penalidade, mas a conclusão foi muito ruim, mandando a bola muito longe do gol.

Mas eles continuaram atacando, mas sem sucesso nas finalizações. E como diz aquele ditado, "quem não faz, toma". E aconteceu isso. Aos 39, o São Paulo fechou o caixão rubro-negro com Pablo, ao receber um presente de Willian Arão, o camisa 9 conduziu até a área e finalizou rasteiro para ampliar e decretar a classificação da equipe paulista. O próximo adversário do Tricolor será o Grêmio.


Notícias relevantes: