Esportes

Palmeiras enfrenta 'maldição' na Argentina

Libertadores Em busca do título, o elencou treinou na Argentina, mas em outro CT, para evitar o azar


Divulgação
Para se sagrar campeão do mundo pela 1ª vez, o Verdão terá de passar por Tigres e provavelmente pelo Bayern
Crédito: Divulgação

Ano novo, competição antiga. Mas esse torneio é o mais desejado das Américas. Hoje, a Libertadores volta com os duelos da fase semifinal da disputa, que conta com dois brasileiros. Hoje (5), é a vez do Palmeiras, que enfrenta às 21:30 o River Plate, na Argentina.

E neste clima de decisão, até a sorte precisa estar do lado alviverde. Tanto é que o elenco não treinou no campo do rival Boca Juniors, a Casa Amarilla, e foram para o estádio do San Lorenzo, Nuevo Gasómetro, mas por uma precaução.

Na Argentina, circula uma história de "maldição" para as equipes que treinam no CT dos Xeneizes para enfrentar a equipe de Marcelo Gallardo posteriormente.

Na final da Libertadores de 2015, a equipe mexicana Tigres visitou o CT do Boca e perdeu o segundo jogo por 3x0, resultado que consagrou o River Plate como campeão. Em 2016, o Independiente Santa Fe seguiu o mesmo caminho e acabou derrotado por 2x1, em jogo que rendeu título da Recopa para os argentinos.

No elenco, Felipe Melo continua o treinamento com bola e pode voltar ainda em janeiro, após uma fratura no tornozelo esquerdo há quase dois meses, além de Gabriel Veron, que vem de uma lesão na coxa direita.

Uma provável escalação do Palmeiras é Weverton, Gabriel Menino, Luan, Gustavo Gómez e Viña; Danilo (Patrick de Paula), Zé Rafael e Raphael Veiga; Gabriel Veron, Rony e Luiz Adriano.

GAFE

A Fifa cometeu uma gafe ontem (4) ao divulgar as semifinais da Libertadores em seu site e redes sociais. A entidade publicou matérias e posts com fotos de jogadores dos quatro semifinalistas. Porém, no lugar do atacante Rony, do Palmeiras, foi colocada a imagem do meio-campista Roni, do rival Corinthians. O post já foi apagado.


Notícias relevantes: