Esportes

Palmeiras afasta superstição e domina River Plate na ida

Superioridade Mesmo jogando na Argentina, o Alviverde parecia atuar em São Paulo e goleou por 3x0


DIVULGAÇÃO
Rony e Gabriel Menino comemoram um dos gols do Palmeiras na Argentina, saindo com ampla vantagem
Crédito: DIVULGAÇÃO

O ano começou com o pé direito para o Palmeiras. Na noite de ontem (5), pelo jogo de ida da semifinal da Libertadores, o Verdão não se sentiu intimidado em Buenos Aires e venceu o River Plate por 3x0. A partida de volta será na próxima terça-feira (12), em São Paulo.

Parece que o drible para cima da "maldição da Casa Amarilla" foi bem executado. Noticiada ontem, é uma superstição que circula na Argentina, dizendo que quem treina no CT do Boca Juniors antes de um duelo contra o River Plate, sai eliminado da competição.

Voltando ao jogo, o primeiro saiu na parte inicial do duelo, com 23 minutos. Patrick de Paula deu um belo passe para Gabriel Menino na direita, que fez o cruzamento rasteiro buscando Luiz Adriano. O goleiro Armani saiu errado do gol, de carrinho, e Rony ficou com a sobra na entrada da área. O atacante bateu forte e abriu o placar pro Palmeiras.

Na etapa final, a disputa foi definida. Logo de cara, com um minuto, Danilo tocou para Luiz Adriano no campo de ataque e o camisa 10 do Palmeiras fez um belo giro em cima de Robert Rojas para arrancar em direção ao gol. O atacante saiu cara a cara com Armani e tocou na saída do goleiro.

O terceiro foi só questão de tempo. Aos 16, o lateral-esquerdo Matías Viña recebeu o cruzamento na grande área e deu um toque de categoria de cabeça, para tirar do Armani.


Notícias relevantes: