Esportes

Com pressão argentina, Palmeiras vai à final

rumo ao maracanã Mesmo acuado, Verdão se livrou de um resultado pior e ainda vai à decisão


DIVULGAÇÃO
Mesmo com a derrota em casa com direito a susto, o elenco alviverde comemorou bastante no final da partida
Crédito: DIVULGAÇÃO

A noite de ontem (12) foi cheia de emoções para os palmeirenses. Pelo jogo de volta da semifinal da Libertadores, o Palmeiras foi derrotado pelo River Plate, em casa, por xxx. Apesar do revés, o Verdão vai para a decisão do torneio.

Se na Argentina, o Alviverde fez uma de suas melhores partidas na temporada, em São Paulo, a sorte mudou de lado. O River amassou os donos da casa, sufocou o rival.

O primeiro susto apareceu aos 28 minutos, quando De La Cruz cruzou aberto, na marca do pênalti, e Robert Rojas subiu bem para ganhar de Gustavo Gómez e marcar. O River Plate abriu o placar, mas ainda estava 3x1 para o Palmeiras no agregado.

A tensão aumentou aos 44, novamente De La Cruz cruzou da direita, Matías Suárez antecipou Luan para desviar e Borré apareceu na segunda trave, na frente de Marcos Rocha, para marcar o segundo do River.

Na etapa final, os argentinos mantiveram o ritmo dos primeiros 45 minutos. Aos 9, o River teve um gol anulado após o VAR analisar um impedimento de Borré. Ainda teve um pênalti marcado para os hermanos, mas o árbitro de vídeo salvou o Palmeiras novamente.

Apesar da atuação quase nula no jogo, o Palmeiras é o primeiro time que está na final, que será no dia 30 de janeiro, no Maracanã.

O adversário do Verdão será conhecido logo mais, às 19h15, no embate entre Santos e Boca Juniors, na Vila Belmiro.


Notícias relevantes: