Esportes

Testagem falsa de covid-19 no vôlei

A Confederação Brasileira de Vôlei (CBV) afastou quatro atletas e um árbitro por apresentarem exames falsificados de covid-19


Mauricio Vieira/Secom-SC
Teste rápido de COVID-19
Crédito: Mauricio Vieira/Secom-SC

A Confederação Brasileira de Vôlei (CBV) afastou quatro atletas e um árbitro por apresentarem exames falsificados de covid-19, obrigatórios para a realização da 6ª etapa do Circuito Brasileiro de Vôlei de Praia masculino em Saquarema, no Rio de Janeiro. Dois jogadores teriam confessado quando confrontados, e a entidade recebeu a confirmação dos laboratórios citados nos laudos de que houve adulteração.

 


Notícias relevantes: