Esportes

Adriana Behar assumirá como diretoria-executiva da CBV em 1º de março


Adriana Behar assumirá como diretoria-executiva da CBV em 1º de março
Crédito: Reprodução/Internet

Pela primeira vez na história da Confederação Brasileira de Vôlei (CBV) um ex-atleta assumirá a diretoria-exectuiva da entidade. Aos 51 anos, a medalhista olímpica Adriana Behar foi anunciada hoje (3) pela CBV. Ela assumirá o posto no dia 1º de março no lugar de Radamés Lattari, que ocupou a função nos últimos três anos. O próprio Lattari convidou Behar a exercer o principal cargo executivo na CBV. A partir de março, ele passará a ser, exclusivamente, vice-presidente da entidade, posto para o qual foi eleito no mês passado.

“Tenho certeza de que tenho pela frente um desafio enorme, para o qual me preparei nos últimos anos. Me sinto pronta para ser um dos vetores de transformação para ajudar o presidente Toroca e o Radamés Lattari no processo de modernização e reestruturação da CBV”, disse  Behar, medalhista de prata no vôlei de praia nos Jogos Olímpicos de Sydney (Austrália) em 2000 e de Atenas (2004), em entrevista ao site da CBV.

Adriana Behar - vôlei de praia (foto só pode ser utilizado dentro da matéria, devido à baixa resoluçuão)

A ex-atleta também será a primeira mulher a ocupar o principal cargo executivo da entidade máxima do vôlei nacional. Após deixar as quadras, Behar se especializou em Gestão de Negócios e atuou entre 2011 e 2018 como gerente-geral de planejamento esportivo do Comitê Olímpico do Brasil (COB).

“É uma enorme alegria ter uma atleta do nível da Adriana na função de principal executiva da CBV. Tenho certeza de que ela se preparou para esta missão e terá todo o respaldo para realizar as transformações necessárias para que o vôlei brasileiro siga sua trajetória de sucesso”, afirmou o presidente da CBV Walter Pitombo Laranjeiras.

O convite à ex-atleta foi feito por Radamés Lattari, que deixará de ocupar o cargo de CEO e passará a ser exclusivamente vice-presidente da CBV, posto para o qual foi eleito em janeiro passado.


Notícias relevantes: