Esportes

Paulista faz mudanças na direção de futebol

Bastidores Marco Zuffo pretende deixar o cargo, mas continuará como diretor jurídico do Galo da Japi


DIVULGAÇÃO
Marco Zuffo
Crédito: DIVULGAÇÃO

O Paulista de Jundiaí começa 2021 com mudanças internas. O advogado Marco Zuffo, que era diretor de futebol e jurídico do Galo, deixará a parte futebolística e ficará apenas com o último cargo. O motivo é pelo acúmulo de funções que tinha no clube.

Zuffo está no Paulista desde o ano passado, com a gestão do ex-presidente Rogério Levada. Segundo o advogado, além de ter muitas funções, sentiu que é melhor o novo diretor montar a equipe para a disputa da Série B do estadual.

"O campeonato deve começar em junho ou julho, então entendo ser o momento de minha saída para que o novo diretor escolhido pelo presidente possa ter tempo de trabalhar a montagem da equipe da sua maneira", disse Zuffo.

Entre muitas dívidas que o Paulista tem, o diretor jurídico conta que a pior é a trabalhista, mas que conseguiu controlar em 2019 com acordo junto da Justiça do Trabalho.

Essas dívidas atrapalharam possíveis negociações com novos parceiros, que sempre esfriavam, mas Zuffo acredita que o Paulista não precisa de parceria, "a não ser que seja em estilo de co-gestão para que o clube não fique de passageiro para que somente descubra os erros quando eles saírem."

Por fim, o advogado afirmou que o Galo pode subir de divisão, mas precisa de planejamento. "Se não tiver planejamento não se tem resultados concretos, vamos ter resultados abstratos que não interessa para o Paulista nesse momento."


Notícias relevantes: