Esportes

Torcedor colorado promete 'mala branca' ao São Paulo

Brasileirão Repleto de polêmicas, título será decidido na última rodada entre Flamengo e Inter


DIVULGAÇÃO
A uma rodada do fim, do Brasileirão, Flamengo e Inter são as duas únicas equipes com chance de título
Crédito: DIVULGAÇÃO

O duelo entre Flamengo e Internacional segue muito além do 2 a 1 da tarde de domingo no Maracanã a favor dos cariocas. Em meio a questionamentos por decisões da arbitragem e comportamento dos dirigentes, o torcedor colorado Elusmar Maggi Scheffer voltou aos holofotes e será alvo de denúncia criminal por parte dos cariocas.

Após pagar a multa para que Rodinei entrasse em campo, o empresário prometeu premiação caso o São Paulo tire pontos do Rubro-Negro na última rodada.

Líder da competição, com 71 pontos, o Flamengo fica com o título com uma vitória no Morumbi, quinta-feira. Simultaneamente, o Inter recebe o Corinthians, no Beira-Rio, e precisa vencer e torcer por um tropeço do rival.

A declaração de Elusmar Maggi de que "injetaria dinheiro no São Paulo" gerou revolta no Rio de Janeiro. O Flamengo revelou que fará queixa tanto na polícia quanto ao Ministério Público para que o episódio seja investigado. O clube carioca entende ainda que o Internacional tem sido complacente com este tipo de comportamento do torcedor, que fez doação de R$ 1 milhão para que o clube pagasse a multa estipulada para que Rodinei pudesse jogar no domingo.

"Estamos oferecendo notícia crime, embora tenhamos plena consciência de que nenhum clube estaria à venda", disse o vice geral e jurídico do Flamengo, Rodrigo Dunshee de Abranches".

O torcedor colorado é empresário do ramo do agronegócio no Mato Grosso.


Notícias relevantes: