Esportes

Taça Libertadores já está de volta


Bruno Teixeira
O Brasil ainda não tem definidos todos os participantes do torneio
Crédito: Bruno Teixeira

A Copa Libertadores 2021 ainda nem tem todos os participantes definidos, mas já começa a ser disputada nesta terça-feira (23) com os jogos da primeira fase. São seis times envolvidos, incluindo o líder do Campeonato Uruguaio e um carrasco do Corinthians, mas a principal história é de um drama pessoal: o técnico da Universidad Católica (EQU) só poderá comandar o time no jogo de ida pois, no de volta, estará em tratamento contra um câncer.

Aos 57 anos, o colombiano Santiago "Sachi" Escobar já foi campeão nacional em três países diferentes e comanda a Católica desde 2017. No final de dezembro, ele descobriu um câncer na próstata e a necessidade de se submeter a radioterapia, cuidado prioritário que deixa a Copa Libertadores em segundo plano.

O próprio treinador já tornou a programação pública e ficou à beira do campo ontem (23) contra o Liverpool (URU), Na quinta (25) ele viaja à Colômbia para começar a radioterapia; por isso, não tem como comandar o time no jogo de volta, na terça que vem (2). Ele seguirá longe do time mesmo se a Católica se classificar, afinal, o tratamento tem duração estimada de oito semanas.


Notícias relevantes: