Esportes

Garotos da base brilham e derby termina empatado

Itaquera Em noite de muita chuva e vários desfalques, Corinthians e Palmieras fazem clássico agitado


Divulgação
Rodrigo Varanda toca na saída do goleiro Vinícius para marcar o gol de empate do Timão na Neo Química Arena
Crédito: Divulgação

Corinthians e Palmeiras fizeram um derby diferente na noite de ontem (3), na Neo Química Arena, em Itaquera. Com muitos garotos em campo - por conta da final da Copa do Brasil e do surto de covid-19 no Corinthians - e debaixo de forte chuva, o Verdão abriu 2 a 0 logo no primeiro tempo, mas o Timão se recuperou buscou o empate por 2 a 2.

Logo no início da partida, Cantillo errou passe na saída de bola, o palmeirense Danilo recuperou a posse de bola, avançou e tocou para Lucas Lima, que tocou na saíde de Donelli para abrir o placar. Na sequência, já com a chuva atrapalhando o jogo, o Palmeiras teve rápido contra-ataque pela direita com o atacante Willian, que deu passe na medida para Gabriel Silva chegar dentro da área do Corinthians e, de carrinho, marcar o segundo do Verdão e o seu primeiro gol como profissional na carreira.

Ainda no primeiro tempo, Matheus Vital pegou a sobra de um levantamento na área e bateu colocado para diminuir o placar. Na volta do intervalo, brilhou a estrela do garoto Rodrigo Varanda, que recebeu cruzamento, dominou bem e bateu no alto para fazer o gol de empate. Essa também foi a primeira vez que ele balançou as redes como profissional.

"Alegria imensa, né? De fazer o gol, ajudar a equipe que estava perdendo por 2 a 1. Uma alegria que não tem como falar e mostrar a vocês, é uma sensação maravilhosa. Só quem faz o gol sabe como é, a camisa é pesada, a história do Corinthians", disse o garoto Rodrigo Varanda, autor do gol de empate do Timão.

 


Notícias relevantes: