Esportes

Carta lendária de Ronaldo é vendida ilegalmente


Um esquema dentro da EA Sports foi denunciado nesta semana por um usuário anônimo do Twitter. Sob a arroba de FutArcade, ele mostrou prints de um suposto funcionário da desenvolvedora que vendia por fora cartas lendárias e especiais do modo Ultimate Team, do FIFA 21, por preços exorbitantes. A melhor versão de Ronaldo Fenômeno, por exemplo, poderia custar US$ 2,5 mil (cerca de R$ 14 mil, na cotação atual).

De acordo com a denúncia, o suposto funcionário garantia ao comprador que o envio de Icons e cartas especiais como TOTY (Time do Ano) não resultaria em um banimento, o que acontece com quem compra moedas. Ele, como mostra os prints divulgados, pede apenas o ID da PSN e da EA para que faça o envio pelo sistema da empresa.

Além de Ronaldo Fenômeno, outras cartas raras dentro do Ultimate Team também foram oferecidas. Na melhor versão possível, o meia holandês Ruud Gullit custa US$ 1 mil (R$ 5,5 mil). O suposto funcionário da EA faz até pacotes com Icons e TOTYs.


Notícias relevantes: