Esportes

'Questão não foi financeira'


O lateral Rafinha esclareceu que sua não ida ao Flamengo se deu por questões políticas, não financeiras. "O treinador me queria, o departamento de futebol todo me queria. Os torcedores me queriam. A parte financeira já deixei claro que não era o problema. Vou repetir: flexibilizei o máximo que poderia para receber meu salário em 2022. Claro que eu fui vítima de uma guerra política. Não tenho culpa disso."


Notícias relevantes: