Esportes

Corinthians leva susto, mas avança após pênaltis

Copa do Brasil Após levar o empate no final, o Timão precisou das penalidades para superar o Retrô


DIVULGAÇÃO
Otero inaugurou o marcador, mas o Retrô empatou e a classificação do Corinthians só veio nos pênaltis
Crédito: DIVULGAÇÃO

O Corinthians avançou à terceira fase da Copa do Brasil, mas com emoção: teve de ir até a disputa por pênaltis para superar o valente Retrô-PE, time da Série D, que cumpriu a promessa de atacar e jogar de igual para igual com o Timão. Depois do empate por 1 a 1 no tempo normal, na noite desta sexta-feira (27), em Saquarema, a equipe paulista acertou todas as suas cobranças e garantiu a classificação com um 5 a 3 nas penalidades. Otero, de falta, e Mayco Félix marcaram os gols dentro dos 90 minutos.

Nos pênaltis, Gerson errou a primeira cobrança do Retrô, que não conseguiu mais buscar o placar. O duelo disputado no estádio Elcyr Resende, na cidade fluminense, foi marcado também pelo gramado ruim - até porque o local havia recebido Fluminense x Volta Redonda horas antes, pelo Campeonato Carioca.

Mandante do confronto, o Corinthians do técnico Vagner Mancini não conseguiu ser protagonista ao longo dos 90 minutos. A equipe até começou bem, pressionando o adversário, mas depois de ter feito o gol optou em recuar. Com isso, o Retrô teve mais posse de bola no tempo normal (61%) e foi quem dominou as ações ofensivas do confronto. No fim do segundo tempo, Maycon Félix empatou a partida e mandou o confronto para os pênaltis.

De acordo com o regulamento da CBF (Confederação Brasileira de Futebol), os embates serão decididos após sorteio. Como o Alvinegro foi o primeiro classificado para esta etapa da competição, o clube ainda vai demorar algumas semanas para conhecer seu adversário. Na terceira fase da Copa do Brasil, os confrontos são em jogos de ida e volta, e as partidas estão programadas para acontecer no mês de junho deste ano.

Pela classificação, o Corinthians receberá R$ 1,7 milhão como premiação da CBF. O Timão já faturou R$ 4,2 milhões na Copa do Brasil.


Notícias relevantes: