Esportes

Roger reconhece dificuldades do Fluminense e espera por reforços


Lucas Mercon
Volta Redonda - 30/03/2021 - Estádio Raulino de Oliveira. COLETIVA ROGER MACHADO / Fluminense enfrenta o Vasco esta noite em Volta Redonda pela 7ª rodada do Campeonato Carioca 2021 - Taça Guanabara. FOTO: LUCAS MERÇON / FLUMINENSE F.C. . IMPORTANTE: Imagem destinada a uso institucional e divulgação, seu uso comercial está vetado incondicionalmente por seu autor e o Fluminense Football Club.É obrigatório mencionar o nome do autor ou usar a imagem. . IMPORTANT: Image intended for institutional use and distribution. Commercial use is prohibited unconditionally by its author and Fluminense Football Club. It is mandatory to mention the name of the author or use the image. . IMPORTANTE: Imágen para uso solamente institucional y distribuición. El uso comercial es prohibido por su autor y por el Fluminense Football Club. És mandatório mencionar el nombre del autor ao usar el imágen.
Crédito: Lucas Mercon

O empate em 1 a 1 no clássico com o Vasco, na última terça-feira (30), expôs as dificuldades do Fluminense para a temporada de 2021. Após um primeiro tempo mal tecnicamente, porém equilibrado em relação ao adversário, o Tricolor voltou melhor para a segunda etapa. Empatou o jogo e chegou a ter certo domínio da partida.

Após as primeiras alterações do Vasco, o panorama do confronto mudou. Desorganizado, o Fluminense não conseguia assustar e ainda sofreu um bombardeio cruzmaltino nos últimos minutos. A trave e o goleiro Marcos Felipe evitaram a derrota.

Segundo o técnico Roger Machado, que falou após o jogo em entrevista coletiva, o time precisa de mudanças: “Ao retomar a bola no ataque, não finalizávamos a jogada e sofríamos o contra-ataque, muitas vezes, em inferioridade numérica. O que precisamos corrigir é que tenho que buscar o equilíbrio defensivo na hora que estou atacando, ou pela troca do sistema ou pela alteração de característica de alguns jogadores. O que vejo é que, sobretudo nos momentos mais contundentes que estamos quase dentro da área do adversário, nós estamos um pouco desprotegidos também pelo número de jogadores que colocamos à frente da linha da bola. Esse equilíbrio, é que precisa ser buscado a partir deste momento”.

O grande desafio do Fluminense no ano de 2021 será a Libertadores. Faltando menos de um mês para a estreia do Tricolor na competição, o técnico Roger Machado sabe que o elenco precisa de reforços: “Temos feito de duas a três reuniões por semana. Não é tão fácil a questão de acerto e prospecção de jogadores no mercado. Nós já estamos com jogadores mapeados e discutindo algumas questões. Algumas delas em um estágio relativamente avançado, esperando resposta completa. O fato é que o mercado está muito agitado, procuramos pontualmente algumas posições para elevar o nível do nosso time, do nosso elenco. O que posso dizer, de concreto, é que estamos trabalhando muito para definir algumas questões para que os reforços cheguem e nós tenhamos tempo hábil para poder trabalhar os jogadores para encorpar o grupo para o Campeonato Estadual e para a Libertadores, que se inicia daqui a pouco”.

Enquanto a torcida aguarda os reforços, o Fluminense tem compromisso marcado na próxima terça-feira, quando enfrenta o Macaé pela oitava rodada do Campeonato Carioca.


Notícias relevantes: