Esportes

Jogadores são pegos em festa irregular


Divulgação
Os jogadores alegaram estar jantando e negaram que houve uma festa
Crédito: Divulgação

Os jogadores Arthur, Paulo Dybala e Weston McKennie, da Juventus, participaram de uma reunião clandestina na casa do jogador norte-americano, na madrugada de quarta para esta quinta-feira. Os jornais "La Stampa" e "Gazzetta dello Sport" afirmaram que foi uma festa. O atacante argentino negou isso.

"Eu sei que nesse momento difícil que passa o mundo, por causa da covid-19, seria melhor não ter errado, mas eu errei por ter saído de casa para jantar. Não era uma festa, mas errei de qualquer forma e peço desculpas", declarou Dybala, nas redes sociais.

O encontro aconteceu na casa de McKennie, nos arredores de Turim. A cidade fica na região de Piemonte, considerada uma "zona vermelha", a de mais alto risco de contaminação por Covid-19 na Itália. De acordo com as últimas orientações das autoridades de saúde do país, divulgadas na quarta-feira, visitas privadas a outras residências estão proibidas.

O clube informou que irá multar os jogadores.


Notícias relevantes: