Esportes

Flamengo e Palmeiras protagonizam jogo emocionante na final da Supercopa

Com vitória do Rubro Negro carioca, o jogo foi disputado do começo ao fim e terminou numa disputa de pênaltis


Divulgação
Gabriel comemora após aproveitar desvio na trave e marcar o seu gol no jogasso
Crédito: Divulgação

Palmeiras e Flamengo entraram em campo neste domingo (11) no estádio Mane Garrincha, em Brasília, para definir quem seria o campeão da Supercopa. Em um jogo eletrizante, com direito a decisão nos pênaltis, o Flamengo levou a melhor e venceu o Palmeiras por 6 a 5 na disputa de pênaltis.

No tempo normal, os dois clubes terminaram o jogo acirradíssimo com dois gols marcados de cada lado. O destaque da partida ficou por conta dos goleiros, Diego Alves e Weverton entregaram belas atuações.

Sem nem esperar o jogo esquentar, Raphael Veiga balançou a rede adversária em um belo gol com apenas um minuto de bola rolando. Diego Alves recebeu um recuo na grande área, deu um chutão e Felipe Melo cortou de cabeça na intermediária ofensiva. Raphael Veiga deu lindo drible com a parte externa do pé, girou em cima de Willian Arão e bateu de canhota no cantinho esquerdo do gol. Golaço!

Aos nove minutos, o capitão do Verdão, Felipe Melo, recebeu um cartão amarelo por fazer falta por trás em Arrascaeta. Dois minutos depois, aos 11, o colega de time, Wesley, também foi amarelado. O atacante deu um carrinho por trás em Diego no campo de ataque do Palmeiras.

Mas aí a estrela de Gabigol brilhou aos 22 minutos. O cara que nasceu para fazer gol não poderia deixar de marcar o dele neste jogo. Luan desarmou Bruno Henrique, mas saiu jogando errado e tocou de graça para Arrascaeta, que serviu Filipe Luís na grande área. O lateral-esquerdo deu ótimo drible em Gustavo Gómez, ficou cara a cara com Weverton e chutou na trave, mas, no rebote, Gabriel empurrou para o fundo do gol.

Indignado com a arbitragem, Abel Ferreira reclamou muito com o juiz Leandro Vuaden ao pedir um cartão amarelo para Diego e acabou sendo advertido com um cartão amarelo. Em seguida, ainda descontrolado, o técnico do Palmeiras continuou reclamando muito. Resultado: cartão vermelho e expulsão. Abel precisou deixar o campo.

Mas a emoção aumentou quando Wesley foi derrubado por Isla na entrada da área adversária. O lateral-direito recebeu um cartão amarelo pela infração. Só que o VAR entrou em campo. Avisado de que a falta foi fora da área, Leandro Vuaden desmarcou o pênalti e confirma a infração a um passo da grande área. Na cobrança da falta, Raphael Veiga chuta de canhota buscando o ângulo esquerdo, no canto do goleiro. Diego Alves salta e faz grande defesa!

No finalzinho do primeiro tempo, aos 48 minutos, Arrascaeta fez mais um para o clube carioca e cravou a virada. Em ótimo contra-ataque, Isla recebeu de Gabriel e virou o jogo para a esquerda. Arrascaeta recebeu de Bruno Henrique no bico da área, carregou para dentro com muita liberdade e finalizou no cantinho direito.

2º TEMPO

Na volta ao campo para o segundo tempo, Felipe Melo e Zé Rafael deram lugar a Danilo e Gabriel Menino nas substituições do Verdão.

Mais uma vez o cartão amarelo foi erguido por Leandro Vuaden, desta vez, para punir a falta de Luan em cima de Bruno Henrique.

Em seguida, mais substituições foram feitas. O Palmeiras trocou Marcos Rocha por Mayke e Wesley por Gabriel Veron. O Flamengo trocou Isla por Matheuzinho e Diego por João Gomes.

Mais uma vez, Leandro Vuaden apitou pênalti em favor do Palmeiras. Rodrigo Caio puxou a camisa de Rony duas vezes na área, que acabou perdendo o equilíbrio e caindo. O zagueiro do Flamengo recebeu amarelo pelo ato. Desta vez, o VAR não se manifestou contra a marcação e Raphael Veiga bateu o pênalti cruzado, com força, no cantinho esquerdo do gol. Diego Alves até acertou o lado, mas não conseguiu defender. Tudo igual na decisão!

Rony mais uma vez foi alvo da zaga rubro negra. Aos 31 minutos, Willian Arão foi amarelado por cometer falta por trás.

O lateral-direito Mayke deu uma entrada dura em Bruno Henrique no meio-campo. Resultado: amarelo para o palmeirense aos 35 minutos.

O Flamengo substituiu Everton Ribeiro por Vitinho aos 33 minutos. Aos 42, substituiu Gerson por Pepê e Bruno Henrique por Michael. Em seguida, aos 44, o Palmeiras tirou Rony e Rodrigo Scarpa entrou em campo.

João Martins, auxiliar de Abel Ferreira que comandava o Palmeiras após a expulsão do treinador, também recebeu um cartão vermelho. Do outro lado, Rogério Ceni recebeu um amarelo. Enquanto isso, rolou uma confusão no túnel de acesso ao campo com jogadores reservas das duas equipes.

PÊNALTIS

Raphael Veiga foi o primeiro a bater, chutou cruzado, no alto, e converteu.

Arrascaeta bateu cruzado e mandou para o fundo do gol. Weverton até acertou o lado, mas não conseguiu defender.

O zagueiro Gustavo Gómez finalizou rasteiro no centro do gol e Diego Alves pula para o lado esquerdo.

Filipe Luís deu uma paradinha antes da batida, esperou a queda de Weverton e chutou no travessão.

Gustavo Scarpa chutou forte no canto direito do gol e Diego Alves nem se mexeu.

Matheuzinho chutou cruzado, no cantinho direito. Weverton acertou o lado e fez a defesa!

Luan bateu cruzado, à meia altura. Diego Alves acertou o lado, e espalmou.

Vitinho deslocou Weverton, finalizou no canto superior direito e converteu.

Após desentendimento com Diego Alves, Danilo bateu cruzado de canhota, a bola bateu na trave e saiu!

Gabriel deu a paradinha e Weverton não se mexeu, mas o artilheiro rubro-negro mandou no cantinho direito e converteu.

Depois de cinco cobranças de cada lado, Viña bateu cruzado para o Palmeiras e mandou na bochecha esquerda da rede.

João Gomes bateu cruzado, no canto direito do gol, e Weverton chegou a tocar na bola, mas não conseguiu defender.

Gabriel Menino bate entre o canto direito e o meio do gol. Diego Alves acerta o lado e espalma!

Pepê finaliza fraco, no cantinho direito. Weverton acerta o lado, espalma e mantém o Palmeiras vivo!

Gabriel Veron tomou pouca distância, finalizou no ângulo direito e converteu.

Michael soltou uma bomba no meio do gol e fez o seu.

Mayke chutou à meia altura no canto esquerdo, Diego Alves acertou o lado e espalmou!

Rodrigo Caio finalizou rasteiro, no cantinho esquerdo do gol, e deu o título para o Flamengo!


Notícias relevantes: