Esportes

Santos empata e garante vaga na fase de grupos

LIBERTADORES Com placar agregado de 5 a 3, o Peixe despachou os argentinos do San Lorenzo


Divulgação
O garoto Marcos Leonardo marcou um dos gols do empate que deu a classificação ao Santos na Libertadores
Crédito: Divulgação

O Santos avançou à fase de grupos da Copa Libertadores depois de viver alguma emoção e ceder o empate por 2 a 2 ao San Lorenzo, na noite desta terça-feira (13), em Brasília, pelo jogo de volta da terceira fase. o Peixe já havia vencido a partida de ida por 3 a 1, em Buenos Aires. O time de Ariel Holan abriu dois gols de vantagem, com Marcos Leonardo e Pará, ficou com um jogador a mais após a expulsão de Rojas, mas mesmo assim sofreu no fim.

O San Lorenzo buscou o empate com Di Santo e Ángel Romero, martelou e fez do goleiro João Paulo o melhor jogador da partida, mesmo com um jogador a menos: foram grandes defesas no fim, principalmente em uma cabeçada de Óscar Romero. O sonho do tetra continental está vivo, mas o Santos precisa tirar lições dessa atuação para não ter novos sustos no futuro.

O Santos retornou para o segundo tempo muito à vontade. Continuou chegando com facilidade no ataque, dessa vez em contra-ataque de Marinho, que disparou, mas sofreu falta dura de Rojas, que acabou expulso de campo. A chance, porém, não foi convertida em gol.

O time de Ariel Holan para de impor o jogo e vê o San Lorenzo crescer de volume. João Paulo, aliás, salvou o Peixe de um terceiro gol dos argentinos. Final do jogo é um pouco dramático para o Santos, mas conseguiu a classificação de grupos da Libertadores.

Nas redes a torcida santista não aprovou a escalação e as mexidas do técnico Ariel Holand.

Agora, o Peixe estreia no Grupo C da Libertadores na próxima terça-feira, contra o Barcelona de Guayaquil, em casa, às 19h15. The Strongest e Boca Juniors são os outros times da chave. Já o San Lorenzo tem como "prêmio de consolação" a Copa Sul-Americana: vai para o Grupo A, ao lado de Rosario Central, Huachipato (Chile) e 12 de Octubre (Paraguai).


Notícias relevantes: