Esportes

São Paulo mostra força e vence fora por 3 a 0

LIBERTADORES O Tricolor paulista não tomou conhecimento dos peruanos e estreou com o pé direito


Divulgação
Luan marcou um dos gols e foi um dos destaques da vitória do São Paulo na estreia da Libertadores
Crédito: Divulgação

Aquele São Paulo que tem química com a Libertadores e adora a competição entrou em campo na noite desta terça-feira, em Lima, no Peru, e bateu o Sporting Cristal por 3 a 0, na estreia da fase de grupos do torneio. O time peruano não perdia desde outubro. Venceu e também convenceu. Com gols de Luan, o primeiro na carreira, Benítez, o melhor em campo, e Eder, com faro de artilheiro, o Tricolor começa bem a busca pelo tetra.

Principalmente por afastar logo de cara a desconfiança gerada pela eliminação ainda na fase prévia, em 2019, e na fase de grupos do ano passado, com atuações pouco inspiradas. Contando também o Paulistão, o time de Crespo venceu as cinco partidas que fez desde o retorno do futebol após a paralisação.

O São Paulo começou o primeiro tempo de forma tímida, com alguns erros de passe e tomadas de decisões equivocadas no ataque. O Sporting Cristal tentou se aproveitar e se lançou ao ataque, mas nada que assustasse. Aos 16 minutos, Luan tratou de frear o ímpeto dos peruanos. Após a zaga afastar um cruzamento, o volante arriscou um chute de fora da área, a bola desviou e o Tricolor abriu o placar.

Na segunda etapa, após bobeada da defesa peruana, Benítez arriscou de longe e ampliou: 2 a 0. Pouco depois, o Sporting Cristal chegou bem com Corozo, mas Volpi, em grande noite, defendeu. O São Paulo ficou muito perto de marcar mais um aos 28, quando Daniel Alves recebeu livre, dominou e perdeu na pequena área. Mas Eder, com faro de artilheiro, não desperdiçou aos 35, após cruzamento preciso de Reinaldo.

O São Paulo não vencia fora de casa pela Libertadores desde 15 de abril de 2015, quando bateu o uruguaio Danubio. De lá para cá, foram oito derrotas e quatro empates como visitante.


Notícias relevantes: