Esportes

Palmeiras minimiza vexame por provável eliminação

Após o jogo, o técnico Abel Ferreira admitiu que tem usado a competição apenas para observar e desenvolver os garotos do clube


Divulgação
Para o presidente Galiotte, cair fora do Paulista não será vexame
Crédito: Divulgação

O Palmeiras perdeu por 1 a 0 para a Inter de Limeira na noite de quinta-feira e ficou perto da eliminação no Campeonato Paulista. Após o jogo, o técnico Abel Ferreira admitiu que tem usado a competição apenas para observar e desenvolver os garotos do clube.

Nesta sexta-feira (30), o presidente Maurício Galiotte corroborou o discurso do treinador. Em contato com a reportagem do ge, ele confirmou que o clube decidiu usar o torneio como "preparação" para a temporada.

"O Palmeiras sempre planejou o Paulistão como um período de pré-temporada. Tem ajustes no time, reforços, tudo já planilhado, tudo no orçamento. Há um alinhamento com comissão técnica e diretoria", disse.

O dirigente também minimizou o desempenho ruim da equipe no Paulistão, justamente por conta dessa decisão. "É uma situação que faz parte do processo a partir do momento em que você opta por esse planejamento. Não tem isso de vexame. Iniciamos o Paulistão no meio da decisão da Copa do Brasil, o clube tem que escolher qual caminho seguir", explicou.

Com a derrota para a Inter de Limeira, o Palmeiras se complicou ainda mais no Paulistão. Faltando três jogos para o fim da primeira fase, o time soma12 pontos, seis a menos que o Novorizontino, segundo colocado, e oito atrá do Bragantino, líder do grupo, mas que tem uma partida a mais. O próximo jogo do Verdão na competição será no domingo, contra o Santo André.

A liderança do Grupo C é do Red Bull Bragantino, que fez 21 pontos em dez jogos. O Novorizontino soma 18 pontos após nove partidas, contra 12 pontos do Verdão. O Ituano é o lanterna da chave com dez pontos. (Das agências)

 


Notícias relevantes: