Esportes

Com risco de rebaixamento, Santos não terá Marinho

PAULISTÃO Caso perca para o São Bento em confronto direto no domingo, o Peixe estará rebaixado no Campeonato Paulista


Ivan Storti/Santos FC
O atacante Marinho se contundiu na derrota para o Palmeiras na quinta-feira e desfalca o Peixe na decisão
Crédito: Ivan Storti/Santos FC

O Santos confirmou nesta sexta-feira que o atacante Marinho sofreu uma lesão muscular de grau um (a mais leve) na coxa esquerda durante o jogo da véspera, a derrota de 3 a 2 para o Palmeiras.

Segundo o clube, o jogador já iniciou tratamento intensivo e será reavaliado diariamente. O Peixe não descarta que Marinho participe do jogo de domingo, contra o São Bento, mas é muito difícil que consiga se recuperar em tempo. A partida vale a permanência do Santos na primeira divisão paulista.

Marinho automaticamente também é dúvida para outro jogo muito importante: terça-feira, na Vila Belmiro, contra o Boca Juniors, pela Libertadores da América. Além de Marinho, o Santos pode também não contar com o capitão Alison, que tem um desconforto na perna esquerda. O volante já desfalcou o time no clássico contra o Palmeiras.

A derrota por 3 a 2 no clássico contra o Palmeiras não só confirmou a eliminação do Santos do Campeonato Paulista, mas fez o Peixe entrar na última rodada do estadual com possibilidades reais do primeiro rebaixamento de sua história.

Com apenas dez pontos conquistados em 11 rodadas, o Santos tem a terceira pior campanha do Paulistão, atrás apenas do São Caetano, que já teve queda decretada, e do São Bento, que tem um ponto a menos e é justamente o adversário do Peixe no domingo, na Vila Belmiro - o jogo ainda não tem horário confirmado.

Dessa forma, Santos e São Bento farão uma espécie de "final" para decidir quem fica na primeira divisão do estadual. O Peixe precisa de um empate na rodada final para evitar a queda inédita. Também nesta quinta, o São Bento conseguiu a primeira vitória na competição ao bater a Inter de Limeira por 2 a 1 e ficou vivo no estadual.

O clube anunciou nesta sexta-feira a contratação do treinador, livre no mercado desde a saída do São Paulo. A negociação foi concluída na última quinta, minutos antes do clássico contra o Palmeiras.

Diniz assumirá o time no jogo da próxima terça, contra o Boca Juniors, na Vila Belmiro, pela Libertadores da América. Neste domingo, contra o São Bento, também na Vila, o time seguirá comandado pelo auxiliar Marcelo Fernandes. Diniz nunca escondeu o interesse de comandar o Santos e está empolgado com a chance no Peixe. Antes, o treinador rejeitou uma proposta do Fortaleza.


Notícias relevantes: