Esportes

Em meio a maratona, Corinthians decide futuro na Copa Sul-Americana


Em meio a maratona, Corinthians decide futuro na Copa Sul-Americana
Crédito: Reprodução/Internet

A partida desta quinta-feira (13), contra o Peñarol (Uruguai), às 21h30 (horário de Brasília), no estádio Campeón del Siglo, na capital uruguaia Montevidéu, é decisiva para o Corinthians. Na fase de grupos da Copa Sul-Americana, ao contrário da Libertadores, apenas o melhor time de cada chave avança à segunda fase. Com dois jogos pela frente, o Timão tem quatro pontos, na segunda posição do Grupo E, cinco pontos atrás do próprio Peñarol. Portanto, somente a vitória interessa à equipe brasileira.

Só que o Alvinegro vive uma maratona de decisões. Na terça-feira (11), com força máxima, goleou a Inter de Limeira por 4 a 1 na Neo Química Arena, em São Paulo, classificando-se às semifinais do Campeonato Paulista. A equipe dirigida pelo técnico Vagner Mancini já deve voltar a campo pelo Estadual neste fim de semana para disputar vaga na final. O adversário será definido com base no resultado dos outros confrontos do mata-mata.

O treinador poupou da viagem a Montevidéu o lateral Fagner, os zagueiros Jemerson e João Victor, o volante Gabriel e os meias Luan e Ramiro, todos potenciais titulares. O provável Timão diante do Peñarol terá a seguinte escalação: Cássio; Luis Mandaca, Bruno Méndez, Gil e Fábio Santos; Camacho, Xavier e Mateus Vital; Gustavo Mosquito, Léo Natel e Jô.

“É importante quando você tem decisões na terça, na quinta, no outro domingo. Para isso, a gente tem que respeitar a recuperação de cada atleta. Hoje, temos um elenco um pouquinho maior para suprir exatamente essa deficiência. Ao mesmo tempo, você tem mais mãos querendo ajudar”, declarou Mancini em entrevista coletiva.

Líder do Grupo E, o Peñarol encaminha a classificação à segunda fase em caso de vitória e pode até celebrá-la de forma antecipada se o River Plate (Paraguai) não derrotar o Sport Huancayo (Peru) no duelo que também começa às 21h30 desta quinta-feira, no estádio Defensores del Chaco, na capital paraguaia Assunção. Os aurinegros não perdem há sete jogos, com quatro triunfos consecutivos. Um deles justamente sobre o Corinthians: 2 a 0, há duas semanas.

O time do técnico Maurício Larriera estrearia no último fim de semana na edição 2021 do Campeonato Uruguaio, contra o Plaza Colonia, mas o jogo foi adiado para o começo de junho. Com força máxima à disposição, o Peñarol deve atuar com: Kevin Dawson; Juan Acosta, Fabricio Formiliano, Gary Kagelmacher e Joaquín Piquerez; Walter Gargano, Jesús Trindade, Giovanni González, David Terans e Facundo Torres; Agustín Martínez.


Notícias relevantes: